Leilão de instrumentos utilizados na autópsia de Elvis Presley é cancelado

Evento organizado pela Leslie Hindman Auctioneers foi suspenso por "questões de propriedade"

Da redação Publicado em 27/07/2010, às 15h55

A previsão de arremate para cada um dos instrumentos era de US$ 8 mil
Reprodução

O leilão dos instrumentos utilizados na autópsia e no embalsamamento de Elvis Presley, que aconteceria no dia 12 de agosto, foi cancelado, segundo divulgou o site do jornal britânico The Guardian.

O motivo seria devido a "questões de propriedade". De acordo com a página na web da casa de leilões Leslie Hindman Auctioneers, o detentor das ferramentas, um embalsamador aposentado, e seu filho decidiram doar os instrumentos ao Memphis Funeral Home - local onde a autópsia do artista foi realizada - e à empresa que cuida do lugar, a Service Corporation International.

O anúncio do leilão foi feito na semana passada. O evento aconteceria em Chicago, trazendo itens como luvas, fórceps e pinças, utilizados na preparação do corpo do cantor para seu enterro. A previsão era de que cada um dos instrumentos fosse arrematado por US$ 8 mil. Os objetos foram guardados pelo embalsamador desde 1977, ano da morte de Elvis Presley.

Esta não seria a primeira vez de Elvis Presley como tema de um leilão de itens incomuns. Em outubro de 2009, um chumaço de cabelo do cantor foi arrematado em leilão pelo valor de US$ 18,3 mil (mais de R$ 30 mil).