Lemmy diz ter se surpreendido com linha de artigos eróticos do Motörhead

"A história do brinquedo erótico foi uma surpresa, mas parece estar funcionando", disse o vocalista e baixista do grupo

Redação Publicado em 15/10/2015, às 14h51 - Atualizado às 15h33

Lemmy lança linha de vibradores com o Motörhead

Ver Galeria
(3 imagens)

Lemmy Kilmister, vocalista e baixista do Motörhead, apareceu em um pôster promocional e deu até uma suposta declaração à época do lançamento da linha de artigos eróticos da banda. Porém, o próprio artista foi pego desprevenido com o anúncio dessa curiosa novidade.

Monsters Tour: veja como foi show do Motörhead em Porto Alegre, neste ano.

“Fizeram um acordo com nosso empresário. E então ele aparece e nos diz que é tarde demais para voltar atrás. É sempre uma certa surpresa, sabe? A história do brinquedo erótico foi uma surpresa, mas parece estar funcionando”, declarou Lemmy ao Uproxx. Perguntado se já tinha ouvido algum comentário de um fã a respeito do produto, o artista respondeu: “Não, não tive. Mas tenho certeza de que vou ouvir”.

Monsters of Rock 2015: a cobertura completa do festival.

Os roqueiros já haviam ligado o nome do grupo anteriormente a jogos de baralho, artigos de moda, bebidas, fones de ouvido, videogames e outros. A investida sexual envolve quatro tipos de vibradores com velocidades e tamanhos diferentes. Os instrumentos levam nomes de músicas da banda – “Ace of Spades” e “Overkill” – e prometem sensações parecidas com as das canções.

Lemmy: minha vida em 10 canções do Motörhead.

O modelo “Ace of Spades”, por exemplo, é vendido no site da Lovehoney, loja especializada em material do gênero, como o vibrador que chegará “forte e rápido”. O “Overkill”, por sua vez, é propagandeado como aquele que oferece vibrações “hercúleas”. Os preços dos produtos variam de US$ 24,99 a US$ 44,99 em modelos pretos e prateados – cerca de R$ 95 a R$ 170.

O Motörhead lançou em 28 de agosto deste ano o 22° disco da carreira, Bad Magic. O álbum foi composto e gravado pela banda completa em estúdio. Pela primeira vez isso acontece com a formação que inclui Lemmy Kilmister no baixo e voz, Phil Campbell na guitarra e Mikkey Dee na bateria.