Liam Gallagher cogita fazer linha de móveis pela Pretty Green

O vocalista do Oasis já teria criado um sofá para sua grife, inaugurada no começo do mês

Da redação Publicado em 16/06/2009, às 14h58

Roupas não serão o único trunfo da Pretty Green, grife lançada por Liam Gallagher no começo do mês. Móveis também poderão fazer parte dos negócios, contou o vocalista do Oasis a um dos organizadores do site de fãs Stop Crying Your Heart Out, convidado por ele para conferir as peças da nova marca.

"Nós temos este sofá de couro, que abre, feito outro dia", disse o músico, que pôs um logo da Pretty Green no móvel. "É uma porra enlouquecedora."

Confira um trecho da entrevista com Liam Gallagher publicada na Rolling Stone Brasil deste mês.

Gallagher, que no começo do mês liberou uma faixa inédita do Oasis para promover sua grife, escolheu sua peça preferida da coleção: uma parca. "Porque todo mundo faz parcas chiques de 900 libras (R$ 2.875) que parece uma merda", justificou.

A coleção está à venda no site oficial da marca.

Sem revelar o preço, ele explica que a peça com etiqueta da Pretty Green segue o estilo vintage - aproveita o embalo para elogiar camisetas, lenços, "as pólos que vêm em breve, maravilhosas" e as "desert boots" (botas de camurça bastante populares nos pés londrinos).

Cada integrante do Oasis ganhou uma cota de roupas, de acordo com Liam. Se o irmão Gallagher mais velho, Noel, vai usar os presentes, a história é outra. "Acabei de dar [a ele] sua porção gratuita; se ele vai vestir ou jogar no baú, vamos esperar para ver, não é mesmo?"

Liam evitou comentar as supostas "férias de cinco anos do Oasis", ideia recentemente ventilada por Noel. Há anos, os irmãos trocam farpas em público, e há quem desconfie de um pitaco de marketing na história - parte do que dizem, portanto, acaba sendo tomada como "da boca pra fora".

O fã quis saber se, caso vingasse a proposta do irmão, o vocalista do Oasis se concentraria na música ou na moda. O entrevistado preferiu falar que não enxerga o novo negócio como moda - palavra que, a bem da verdade, ojeriza. "Odeio moda. Não estou criando moda. Faço, apenas, roupas que curto e gosto de vestir."

Liam acrescentou que ele "está no Oasis e é assim que as coisas caminham, não quero fazer nada mais".