Liam Gallagher volta a alfinetar Noel: 'Quantos líderes tinha o Oasis? Sempre pensei que fosse um'

O músico usou o Twitter para reivindicar o posto de “único frontman” da banda

Redação Publicado em 16/03/2021, às 19h53

None
Liam Gallagher (Foto: Ennio Leanza/Keystone/AP)

Liam Gallagher voltou a alfinetar Noel, irmão e ex-colega de Oasis, nas redes sociais. Nesta terça, 16 de maço, o músico usou o Twitter para reivindicar o posto de “único frontman” da banda.

O músico escreveu: “Quantos líderes tinham o Oasis? Sempre pensei que houvesse apenas um, eu mesmo, mas aparentemente havia dois. Aprendemos coisas novas todos os dias”. Em outra publicação, Liam continuou a falar que o irmão não era vocalista do grupo:

+++LEIA MAIS: Ouça música do Oasis que é tão rara que nem Liam Gallagher lembra de ter cantado

“A única vez que houve dois líderes no Oasis foi quando minha sombra foi iluminada pelas luzes. Fim”, concluiu. Vale lembrar que, apesar de Liam ser o vocalista oficial da banda, Noel cantou em diversas músicas, como “Don't Look Back in Anger”. 

Além disso, na apresentação icônica do Oasis no quadro MTV Unplugged, em 1996, Liam se recusou a subir ao palco - o que levou Noel a cantar os 12 hits. Apesar da mudança dos vocais, o show é um dos mais marcantes da banda.

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


+++ LAGUM: 'BUSCAMOS SER GENUÍNOS' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL


+++MAIS SOBRE MÚSICA: BTS, Doja Cat e mais: os indicados 'injustiçados' do Grammy Awards 2021

Neste domingo, 14, aconteceu a 63ª edição do Grammy Awards. Grandes nomes da música foram indicados à premiação como Taylor Swift, BTS, Billie Eilish, Cardi B, Doja Cat, Harry Styles, Dua Lipa, Post Malone, Black Pumas, Phoebe Bridgers, DaBaby, Haim, Megan Thee Stallion e outros.

Muitos ótimos artistas não ganharam nenhuma categoria, porém. Nomes como BTS, Doja Cat e Phoebe Bridgers foram 'injustiçados', 'esquecidos' ao longo da premiação, e saíram de mãos vazias. 

+++LEIA MAIS: The Strokes ganha primeiro Grammy da carreira - e reação dos integrantes é hilária; assista

Listamos abaixo alguns exemplos de incríveis artistas que foram esquecidos pela Academia no Grammy Awards 2021 - e que certamente mereciam mais: 

+++LEIA MAIS: Grammy 2021: Confira todos os vencedores da noite

BTS

Após 7 anos de carreira, o BTS recebeu a primeira - e única - indicação na edição de 2021 na categoria de Melhor Performance Pop em Duo ou Grupo com a música “Dynamite”, mas não levou o prêmio. 

Na verdade, o grupo de k-pop foi injustiçado desde as indicações. A boy band merecia ter aparecido em muitas outras categorias - a própria "Dynamite" poderia ter disputado em Música do Ano, ou Clipe do Ano, e Map of the Soul: 7 concorrido em Álbum do Ano, ou Melhor Álbum Pop Vocal

Além do sucesso, Map Of The Soul: 7merecia uma indicação por realmente ser um dos melhores trabalhos do grupo. Com complexidade e profundidade, as músicas são intimistas, repletas de significados e apresentam mais sobre o lado pessoal dos sete integrantes RM, Jin, SUGA, J-Hope, Jimin, V, e Jungkook.

Apesar de não terem ganhado, o BTS fez uma performance impecável de "Dynamite" com coreografia, um cenário maravilhoso e um desempenho espetacular dos sete integrantes - certamente, está entre um dos melhores momentos da noite. 

+++LEIA MAIS: Grammy 2021: Confira as melhores performances da premiação


Doja Cat 

Aos 25 anos, a cantora, compositora, rapper e produtora, Doja Cat concorreu nas categorias de Artista Revelação, e Gravação do Ano e Melhor Performance Pop Solo por "Say So" no Grammy Awards 2021.

A artista, porém, não ganhou nenhum dos prêmios. "Say So", por exemplo, teve um sucesso meteórico após viralizar no TikTok e é um dos hits mais queridos de 2020. Outras faixas dela também ficaram bem conhecidas na rede social como "Streets" e "Boss Bitch".

Vale lembrar, no entanto, que Doja se envolveu em muitas polêmicas e foi "cancelada" pela internet algumas vezes. A cantora foi alvo de críticas pelos mais diversos motivos: canções controversas, acusações de racismo e projetos com o produtor Dr.Luke - que protagonizou uma longa batalha judicial com Kesha

+++LEIA MAIS: O Grammy das minas: como 2021 exaltou como nunca antes a produção feminina do mundo da música


Phoebe Bridgers

Phoebe Bridgers é um dos principais nomes da música alternativa atualmente, e ficou bastante conhecida em 2020 com o segundo disco da carreira, Punisher, que também rendeu quatro indicações para a cantora no Grammy Awards 2021.

As quatro indicações conquistadas pela artista norte-americana de 26 anos com o aclamadíssimo disco foram: Artista Revelação, Melhor Performance de Rock, Melhor Música de Rock e Melhor Álbum Alternativo.

Embora tenha sido aclamadíssima pela crítica - por Punishere por ser um grande destaque da música alternativa -, Bridgerssaiu do Grammy 2021 de mãos vazias e não levou nenhum prêmio. 

+++LEIA MAIS: Grammy 2021: 6 músicas para conhecer e amar Phoebe Bridgers


Jhené Aiko

Um dos principais nomes do R&B contemporâneo, com mais de 20 anos de trajetória e uma carreira sólida, Jhené Aiko foi aclamadíssima pela crítica com o terceiro álbum da discografia, Chilombo.

No Grammy 2021, Chilombofoi indicado a principal categoria, Álbum do Ano, além de em Melhor Álbum de R&B Progressivo e em Melhor Performance de R&B pela música do disco "Lightning & Thunder", parceria com  John Legend. No entanto, Jhené Aiko saiu de mãos vazias.

+++LEIA MAIS: Grammy 2021: 4 curiosidades de Chilombo, disco de Jhené Aiko indicado a Álbum do Ano


Roddy Rich

Um dos jovens mais brilhantes do hip-hop e o artista masculino com mais indicações do Grammy Awards 2021, Roddy Rich, também foi 'injustiçado' e saiu de mãos vazias da premiação. 

O músico estava indicado em Gravação do Ano, Melhor Música de Rap e Melhor Perfomance de Rap por "Rockstar", e "The Box" disputava em Canção do Ano, além de concorrer com a outra música do artista em Melhor Música de Rap, e Melhor Performance de Rap

+++LEIA MAIS: Grammy 2021: Conheça os indicados da categoria Melhor Álbum de Música Alternativa