The Libertines assina com gravadora e promete disco de inéditas para 2015

Acordo foi fechado na Tailândia, onde Pete Doherty está em reabilitação do uso de drogas

Redação Publicado em 05/12/2014, às 17h15 - Atualizado às 17h20

Os integrantes do The Libertines

Ver Galeria
(7 imagens)

Muito se especulou sobre a possibilidade de um novo disco de inéditas do Libertines, após a reunião do grupo em julho deste ano, no Hyde Park, em Londres. Após os próprios integrantes afirmarem que têm interesse em gravar juntos novamente, eles anunciaram um novo acordo com a gravadora Virgin EMI, prometendo lançar o terceiro álbum da carreira no ano que vem.

A evolução do rock and roll em onze passos .

De acordo com o site Pitchfork, o contrato foi assinado na Tailândia, onde o vocalista e guitarrista Pete Doherty está em reabilitação do uso de drogas. “Não sei nem o que dizer, estou muito feliz!”, comentou Doherty em comunicado divulgado à imprensa. “Foi um dia lindo.”

Carl Barât, o outro pilar do grupo, também comentou a novidade, dizendo que o contrato com uma gravadora seria “uma nova era e um novo começo para o Libertines”. Veja abaixo uma foto divulgada no Facebook oficial da banda.

Publicação by The Libertines.

Recentemente, Barât afirmou que o novo álbum deve ter canções antigas. “Como fizemos com ‘Music When The Lights Go Out’ no segundo disco – que foi composta muito antes, nos anos 1990”, afirmou ele ao NME. “Ela foi escrita bem antes de o Libertines ter assinado com uma gravadora ou de ter desfrutado do sucesso.”

Entenda como aconteceu o reencontro do Libertines.

“Temos muito material que é de qualidade e não estamos sob nenhum tipo de pressão, o que é muito bom criativamente”, acrescentou o guitarrista e vocalista. Em outra entrevista recente, Doherty também falou sobre “finalizar canções que não terminamos naquela época”.

Ele disse: “Todas aquelas músicas que não tocamos para mais ninguém e estão mergulhadas em éter. Mas nós também queremos começar a ter novas ideias para que não sejam apenas coisas velhas.”

Reuniões: 20 bandas que gostaríamos que voltassem.

Doherty também já chegou a afirmar que gostaria de ter Jack White como produtor do disco. De acordo com uma entrevista concedida por ele à emissora francesa D8TV, White “disse que aceitaria” produzir o álbum. “Seria incrível. Mas eu não quero criar muitas esperanças”, continuou Doherty.

A única questão, por enquanto, é a falta de tempo livre do ex-White Stripes. Até novembro deste ano, o músico tem datas da turnê solo agendadas. Em 2015, espera-se que White saia em turnê com a outra banda dele, o Dead Weather.

Veja como foi o retorno do Libertines à Londres, com um show para 60 mil pessoas no Hyde Park.

O Libertines teve ascensão e queda meteóricas. Lançaram dois discos, Up the Bracket e The Libertines, em 2002 e 2004, respectivamente, mas naquele mesmo ano o grupo chegou ao fim em decorrência do abuso de drogas – principalmente por parte de Doherty.

Lembre como foi o lançamento de The Libertines, o segundo disco do grupo, aqui.