Liga da Justiça: ator acusa Joss Whedon de agir de maneira 'nojenta e abusiva' no set

Ray Fisher publicou a declaração no Twitter: "O comportamento dele foi incentivado"

Redação Publicado em 01/07/2020, às 16h08

None
Ray Fisher (Foto: Getty Images / Tim Pwhitby / Correspondente)

No Twitter, Ray Fisher acusou o diretor Joss Whedon de tratar os atores e integrantes do elenco de produção de Liga da Justiça de maneira "nojenta, abusiva, não profissional e inaceitável" no set.

+++ LEIA MAIS: Zack Snyder revela ‘Superman do mal’ com uniforme preto em foto do Snyder Cut de Liga da Justiça

"O comportamento dele foi incentivado, de muitas formas, por Jon Berg e Geoff Johns [produtores do filme e executivos da Warner/DC]. Responsabilidade é mais importante que entretenimento", escreveu. Fisher interpretou o Ciborgue na produção. Veja o tuíte abaixo: 

Procurado pela Variety, Whedon não quis comentar sobre o caso. O cineasta também dirigiu os dois primeiros filmes da franquia de super-heróis da Marvel, Vingadores, e assumiu o comando de Liga da Justiça logo após o afastamento de Zack Snyder

+++ LEIA MAIS: Roteiristas, enfim, revelam por que a Marvel decidiu matar o Homem de Ferro em Vingadores: Ultimato

Na última segunda, 29, Fisher já havia sugerido que teve problemas com no set de filmagens da produção quando tuitou um vídeo em que aparecia elogiando o cineasta durante a San Diego Comic-Con ao dizer: "Quero usar essa oportunidade para retratar tudo o que eu disse aqui". No vídeo, Fisher dizia: "Joss é um cara legal, e é a melhor pessoa para chegar e finalizar o filme para ele [Snyder]". Veja a publicação abaixo:

+++ A PLAYLIST DO SCALENE