Ligações na madrugada e desabafos: A curiosa amizade de Lady Di com Michael Jackson

O Rei do Pop se encontrou com a Princesa de Gales apenas em uma ocasião, no entanto, a troca de telefonemas marcou a amizade dos ícones

Redação Publicado em 20/10/2020, às 13h28

None
Michael Jackson (Foto: Brittain Landmark Media Punch / IPX) e Princesa Diana (Foto: AP Photo)
Com personalidade forte e sendo símbolo da moda durante a década de 1980 e 1990, a Princesa Diana compartilhava um título honorário da monarquia com outra figura célebre; o Rei do Pop, Michael Jackson , do qual a loira era fã incondicional.

Biógrafos de Lady Di relatam que a esposa de Charles ouviu incessantemente os álbuns “Thriller” e “Bad” — e fez questão de mostrar sua admiração quando ganhou o título na realeza.

+++ LEIA MAIS: Freddie Mercury 'disfarçou' princesa Diana de homem para poder ir em bar LGBTQ+

A primeira oportunidade surgiu em 1988, quando o garoto da luva prateada iria se apresentar em Wembley. Ciente de que a princesa Diana, estaria na plateia, Michael riscou a décima música da setlist; ‘Dirty Diana’ era um rock que falava sobre uma mulher instável que o procurava de maneiras “sujas”, porém, a composição não tinha nenhuma relação com a monarca. Mesmo assim, o cantor retirou a composição da apresentação com medo de ofender a Alteza Real.

Antes da apresentação, ambos se encontraram para a entrega de um cheque no valor de US$ 150 mil para uma instituição de caridade britânica, porém, Dianaaproveitou para pedir uma música para o cantor; era Dirty Diana, que nas palavras dela era uma de suas músicas preferidas. Michael Jackson  sorriu imediatamente pelo alívio, iniciando uma amizade que durou por toda a vida da princesa.

+++ Leia a matéria completa no site da Aventuras da História, parceiro da Rolling Stone Brasil e Grupo Perfil

+++ XAMÃ: ‘SE VOCÊ NÃO SENTE NADA COM UMA MÚSICA, É PORQUE TEM ALGUMA COISA ERRADA' | ROLLING STONE BRASIL