Linkin Park e Steve Aoki fazem parceria na música “A Light That Never Comes”

Para ouvir a colaboração entre a banda e o DJ, contudo, é preciso desbloqueá-la em jogo de ação e estratégia no Facebook

Rolling Stone EUA Publicado em 12/09/2013, às 14h30 - Atualizado às 14h43

Linkin Park encontrou um público devoto, mas exigente, e decidiu fazer apresentação contida que agradou os fãs
Rafael Koch Rossi / Divulgação

Linkin Park e Steve Aoki enfim lançarão a primeira colaboração entre eles, a música “A Light That Never Comes”, divulgada nesta quinta-feira, 12.. Mas, para ouvi-la, é preciso desbloqueá-la através de um game gratuito de Facebook disponibilizado na página LP Recharge.

“A venda de discos não funciona mais”, diz guitarrista do Linkin Park.

Aoki chegou a mostrar a faixa durante uma performance no Summer Sonic, em Tóquio, em agosto, chamando Chester Bennington e Mike Shinoda para ajudá-lo no show. Logo, versões filmadas por fãs começaram a circular pela internet. A versão oficial de estúdio chegará às rádios depois que for desbloqueada no game. “A Light That Never Comes” também estará disponível exclusivamente no Xbox Music por duas semanas, acompanhada de um vídeo que mostrar cenas de bastidores da colaboração.

Aniversário de 10 anos do iTunes: como Steve Jobs virou a indústria fonográfica de cabeça para baixo.

Para criar LP Recharge, o Linkin Park se uniu a empresa Interactive Entertainment AG. Com essa união nasceu um jogo de ação e estratégia que traz personagens e missões criados pelos integrantes da banda – Shinota até colocou em prática a sua especialização em arte, ajudando no visual do game.

Stone Temple Pilots lançará EP com vocalista do Linkin Park em outubro.

“A Light That Never Comes” deverá estar presente no próximo disco do Linkin Park, Recharged, cujo lançamento é previsto para 29 de outubro. O álbum trará novas interpretações das faixas que estiveram presentes no último trabalho deles, Living Things.

Será lançada uma edição limitada de 500 cópias com uma escultura 3D da arte de capa de Living Things, um livreto de 48 páginas e CDs com os dois discos (o anterior e Recharged).