Livro de Star Wars confirma que [SPOILER] não foi nem um pouco romântico

A novelização da conclusão da saga Skywalker diz que o beijo foi um ato de gratidão

Redação Publicado em 03/03/2020, às 10h07

None
Star Wars - A Ascensão Skywalker (Foto: Reprodução Disney/ Lucasfilm)

A novelização deStar Wars: A Ascensão Skywalkerestabeleceu que o beijo de ReyKylo Ren não se trata de um ato romântico. Segundo informações do site ScreenRant, foi um gesto de gratidão.

O trecho do livro, distribuído antecipadamente ao lançamento na convenção C2E2 na cidade de Chicago, nos Estados Unidos, descreve a cena do beijo em detalhes. Veja a tradução abaixo:

+++LEIA MAIS: Livro de Star Wars confirma que Palpatine morreu em O Retorno de Jedi e voltou como clone em A Ascensão Skywalker

"O coração dele [Kylo] estava cheio quando Rey alcançou seu rosto, deixou os dedos dela se apoiarem em sua bochecha. E então, maravilha das maravilhas, ela se inclinou para frente e o beijou. Um beijo de gratidão, reconhecimento de sua conexão, celebração que eles encontraram finalmente um ao outro.
Então ela se afastou, com preocupação no rosto. Ela podia senti-lo ficando frio.
Ben sorriu para ela.
Ele havia devolvido Rey à galáxia. Não expiaria a escuridão que ele havia criado, mas era o máximo que ele podia fazer."

A cena não deixa de ser esquisita. O romance de Rey e Kylo nunca foi 100% confirmado pelos filmes, apesar de parte dos fãs apoiar ambos os personagens como um casal. E, além do mais, não é nem um pouco comum pessoas trocarem beijos como um agradecimento.

+++LEIA MAIS: 7 games incríveis de Star Wars que deveriam ser adaptados para o cinema o quanto antes

Vale lembrar que esse não é primeiro beijo esquisito de Star Wars, já que os irmãos Luke e Leia deram um beijo em O Império Contra-Ataca (1980).


+++ KAROL CONKA NO DESAFIO 'MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO'