Livros eróticos de brasileira Nana Pauvolih serão adaptados filme ou série de TV

Produções serão comandadas pela Galeria Distribuidora

Redação Publicado em 17/07/2020, às 09h52

None
Nana Pauvolih em post das redes sociais (Foto: Reprodução/Instagram) e capa de Além do Olhar (Foto: Divulgação)

Pecadora e Além do Olhar, livros eróticos da escritora brasileira Nana Pauvolih, serão adaptados em produções live-action audiovisuais, mas ainda não foi confirmado se serão para os cinemas ou televisão. A informação é do Uol. Os livros da autora entram em listas de mais vendidos desde 2015.

A empresa envolvida na produção dos projetos será a Galeria Distribuidora, responsável pelos aguardados A Menina que Matouos Pais e O Menino que Matou Meus Pais, filmes baseados no caso de Suzane Von Richtofen.

+++LEIA MAIS: Estreia Boca a Boca, série brasileira da Netflix dirigida por Esmir Filho: "Como ficam as relações físicas em um mundo cercado de telas?"

Pauvolih comemorou as adaptações (via Uol). "Quando o autor cria um livro, este se torna vivo, real. De ideia, passa a algo concreto e compartilhado. Imaginar essa criação indo além, ganhando voz e imagem verdadeira, aparecendo de modo audiovisual, é como realizar definitivamente aquele sonho inicial", afirmou a escritora. "Eu estou muito ansiosa e feliz com a expectativa de ver Pecadora e Além do Olhar alcançando as telas e muitos mais corações pelo Brasil".

Além do Olhar é um romance de Ramon Martinez, violoncelista que se tornou paraplégico aos 28 anos, com Marcella Galvão, uma famosa atriz. Quando os dois trocam olhares, ambos sentem, imediatamente, atração um pelo outro.

Pecadora, por outro lado, acompanha Izabel, casada com o namorado de adolescência Isaque há quatro anos. Então, ela conhece Enrico, homem responsável por trazer à tona a parte dos sentimentos proibidos dela.

+++LEIA MAIS: A cena de Walter White que o criador de Breaking Bad não conseguiu assistir - e as pessoas choraram no set

Segundo Uol, Gabriel Gurman, CEO da Galeria Distribuidora, falou que detalhes adicionais ainda são avaliados, já que não existem mais informações sobre ambos projetos. "Começamos uma análise sobre qual formato trará o maior valor de produção para cada trama", disse. "Será um trabalho cuidadoso para entregar uma experiência completa aos fãs da Nana e para quem está entrando em contato com o gênero".


+++ 15 HISTÓRIAS INACREDITÁVEIS (E REAIS) DE OZZY OSBOURNE