Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Notícias / Processo

Lizzo pede que juiz rejeite processo movido por ex-dançarinas

Cantora apresentou sua resposta às acusações na última quarta, 27

Redação Publicado em 29/09/2023, às 14h11

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Lizzo (Foto: Jamie McCarthy/Getty Images)
Lizzo (Foto: Jamie McCarthy/Getty Images)

O time de advogados de Lizzo pediu nesta quarta, 27, que o juiz responsável pelo processo de assédio sexual movido por três ex-dançarinas seja desconsiderado. A cantora e sua equipe de dança, Big Grrrl, negaram “toda e qualquer alegação.” Caso o pedido não seja acatado, Lizzo deve buscar um julgamento por juri.

“Os réus negam geral e especificamente toda e qualquer alegação contida na reclamação, e toda a mesma, e negam que os requerentes tenham sofrido qualquer dano ou perda em razão de qualquer ato ou omissão por parte dos Réus, e negam que os requerentes tenham sido danificados nos valores mencionados na reclamação ou em qualquer valor,” diz a resposta da cantora à acusação. A equipe jurídica de Lizzo ainda afirma que as dançarinas em questão não cumpriram sua parte no contrato firmado para a turnê.

+++LEIA MAIS: Em meio à polêmicas, Lizzo recebe prêmio humanitário

“Na medida em que os Requerentes alegam danos punitivos, a Queixa não alega uma reivindicação pela qual os danos punitivos possam ser recuperados”, afirmou a resposta. “Os réus não são responsáveis, no todo ou em parte, por danos punitivos porque não (a) se envolveram em conduta ilícita, (b) autorizaram ou ratificaram qualquer conduta ilícita, ou (c) tiveram conhecimento prévio da inaptidão de qualquer funcionário e empregaram aquele funcionário com um desrespeito consciente pelos direitos e segurança dos outros.”

Crystal Williams, Arianna Davis e Noelle Rodriguez processaram Lizzo em agosto deste ano por assédio e por criar um ambiente de trabalho hostil por incidentes que ocorreram entre os anos de 2021 e 2023.

+++LEIA MAIS: Lizzo: estilista processa cantora por intimidação e assédio