Lollapalooza 2013: apresentação do The Temper Trap sofre com problemas técnicos

Depois de início turbulento, apresentação chegou a um fim digno com o hit "Sweet Disposition"

Lucas Reginato Publicado em 29/03/2013, às 17h06 - Atualizado em 02/04/2013, às 19h46

O The Temper Trap se apresentou no palco Cidade Jardim.

Ver Galeria
(5 imagens)

Não começou nada bem a apresentação do The Temper Trap no palco Cidade Jardim do Lollapalooza. Os primeiros minutos de show foram marcados por correria no palco e problemas técnicos que interromperam a canção de abertura do setlist. Aparentemente abalado, o vocalista Dougy Mandagi se esforçou para correr atrás do prejuízo.

A turbulência inicial parece ter distraído grande parte da plateia e a abertura com “Love Lost” ameaçou recuperar o tempo perdido. Mas não ajudou uma sequência introspectiva com “Rabbit Hole” e “Trembling Hands”. O público estava distraído demais para acompanhar os belos falsetes do vocalista, que se entregava às canções com interpretações dramáticas.

Mas a versatilidade dos integrantes consegue rapidamente transformar a atmosfera do palco. Da fina tristeza que saia da voz de Mandagi, os australianos criaram sequências de clímax dançantes que devem ter agradado aos muitos fãs de The Killers que já aguardavam Brandon Flowers naquele mesmo palco. Em um destes momentos, após chamar as atenções com talentoso vocal em “Resurrection”, o frontman foi ao público e foi abraçado por aqueles que se amontoavam no gargarejo.

A performance espremida pelos problemas técnicos teve fim digno. “Sweet Disposition” é um hit e chegou a levar alguns dos presentes às lágrimas. Mandagi se mostrou agradecido com o público paulistano, e, antes de deixar o palco, agradeceu mais de uma vez a presença de todos e se desculpou, um tanto desconcertado, pelos problemas que afetaram a apresentação.