Lollapalooza 2015: Mombojó se manifesta a favor do movimento #OcupeEstelita durante show com tom político

A banda mostrou canções dos discos Alexandre e Amigo do Tempo

Luciana Rabassallo Publicado em 29/03/2015, às 15h24 - Atualizado em 30/03/2015, às 15h47

Mombojó no Lollapalooza 2015

Ver Galeria
(2 imagens)

A banda recifense Mombojó subiu ao palco do festival Lollapalooza, neste domingo, 29, para mostrar as canções de Alexandre, que chegou às lojas em 2014. O quinto disco de estúdio do grupo, que tem participações de Céu, Dengue (Nação Zumbi), China, entre outros, foi gravado em três cidades diferentes – São Paulo, Fortaleza e Recife, - e masterizado em Londres.

Lollapalooza 2015: primeiro dia traz St. Vincent, Alt-J e dupla Jack White e Robert Plant como destaques.

No palco do festival, os músicos Chiquinho (teclado), Felipe S (vocal), Marcelo Machado (guitarra), Samuel (baixo) e Vicente Machado (bateria), trouxeram na bagagem canções de outros discos, como o hit "Papapa", de Amigo do Tempo (2010), "Faaca", da estreia Nadadenovo (2004), e "Antimonotomia", de Homem-Espuma (2006).

Lollapalooza 2015: DJ Snake leva os fãs ao delírio com o hit “Turn Down for What”.

A faixa "Casa Caiada" (Amigo do Tempo), que fala sobre as mudanças no bairro de Olinda, localizado na região metropolitana do Recife, foi a introdução para o tema que o grupo abordaria a seguir. Durante os versos "Sou cada gota das águas do mar / Que nunca chega perto de mim", de "Pro Sol" (Alexandre), o telão exibiu frases de apoio ao #OcupeEstelita.

Lollapalooza 2015: Banda do Mar faz show coeso e surpreende atraindo um grande público.

O movimento pede a preservação do Cais José Estelita, comprado em um leilão e ameaçado pelo projeto “Novo Recife”, que pretende construir 12 torres empresariais e residências no local. A banda também mencionou o Parque Augusta, em São Paulo, que passa por um processo semelhante. A área verde localizada entre as ruas Caio Prado e Marquês de Paranaguá foi comprada pelas construtoras Cyrela e Setin, que farão empreendimentos comerciais no terreno.

Lollapalooza 2015: Far From Alaska "enche público de porrada" e se oferece para voltar em 2016.

Com quase duas década de carreira e apresentações em diversos festivais ao redor do mundo, o Mombojó tem experiência suficiente para conseguir prender o público durante shows para multidões. Cria do pós-Manguebeat e revelado no lendário Abril pro Rock, o grupo tem canções que passam por guitarras apimentadas, batidas eletrônicas, samba e improvisos jazzísticos. A mistura foi capaz de chamar atenção dos apreciadores da boa música - mesmo sob uma garoa insistente.

Leia também