Lollapalooza 2015: transporte, alimentação e outras dicas

Melhor forma de acessar o local é usando o trem, segundo a organização; meteorologia prevê sol forte e pancadas de chuva

Redação Publicado em 27/03/2015, às 13h26 - Atualizado às 14h09

Lollapalooza
Divulgação

O ano de 2015 é um ano de afirmação para o Lollapalooza, depois das mudanças estabelecidas em 2014, este ano o festival explora, basicamente, a fórmula de sucesso da edição passado. Na segunda edição consecutiva sob a organização da Time For Fun e sediado no Autódromo de Interlagos, na zona sul de São Paulo, a edição brasileira vai tentar reparar os erros de 2014 e proporcionar aos fãs um fim de semana memorável.

Lollapalooza 2015: disposição dos palcos sofre pequenas mudanças; veja o mapa.

Em 2014, as distância entre os palcos foi um dos problemas a ser enfrentado por quem fosse ao Autódromo. Para sanar essa questão, a organização do festival aposta em atrações paralelas aos shows para tornar o deslocamento mais agradável. Os Correios vão oferecer um serviço de van que fará o trajeto entre os palcos Axe e Onix (cerca de 2,5 km). Além disso, os fãs poderão visitar o Lolla Market, uma espécie de feira gastronômica e de moda a céu aberto.

Entre as restrições do que não pode entrar na arena do evento estão máquinas fotográficas ou filmadoras profissionais. Umas das sensações entre as pessoas que gostam de fotos selfies e tecnologia, o apelidado "pau de selfie", também está vetado. Por motivos de segurança, a organização do evento anunciou que o item será confiscado na entrada do festival.

Acesso

Além do transfer (que custa R$ 50 por pessoa ida e volta, e faz o trajeto até as proximidades do Autódromo saindo do WTC, na Marginal do Pinheiros), será possível chegar ao local de trem, ônibus, e carro, sendo que o veículo que tiver quatro ou mais pessoas ganha voucher de alimentação no festival.

Trem

A linha 9-Esmeralda da CPTM foi o meio utilizado por Perry Farrell para ir à coletiva de imprensa de apresentação do Lollapalooza Brasil 2014, no Autódromo de Interlagos. A estação Autódromo fica a aproximadamente 800 metros do portão 9 do festival. Para agilizar o acesso, o intervalo de tempo entre a passagem dos trens da linha 9-Esmeralda (Osasco-Grajaú) será reduzido.

Outra opção para ir de trem é descer na estação anterior, na mesma linha, a Jurubatuba, na Avenida das Nações Unidas nº 22540, a 3,5 quilômetros de uma das entradas do festival. De lá, partirão ônibus com a sinalização “Lollapalooza”.

No sábado, o trem funciona das 5h às 1h e, no domingo, das 5h às 0h.

Ônibus

Serão 27 linhas de ônibus que levam de vários lugares de São Paulo até o Autódromo de Interlagos, além de mais de 40 outras linhas que partem do terminal de ônibus Santo Amaro (que fica aberto 24h no fim de semana do festival). Para a volta, uma linha especial levará o público do festival até o terminal Santo Amaro, das 20h às 1h, partindo do portão 8. Para ver a lista completa de ônibus, acesse o site http://www.sptrans.com.br/.

Carro

As ruas no entorno do Autódromo estarão todas bloqueadas durante o fim de semana, e profissionais da CET fiscalizarão a região para se certificar de que não há carros estacionados no local. São 4 mil vagas de estacionamento (quase esgotadas), e quem levar quatro ou mais pessoas no carro ganhará vouchers de alimentação da organização. Quem for de carro, deve fazer a entrada pelo portão G. No entanto, os tickets para o estacionamento já estão esgotados.

Táxi

Serão três pontos de táxi nas imediações do local: o Ponto A: no portão 9, Av. Jacinto Julio; Ponto B: portão 8, Av. Sem. Teotonio Vilela; e o Ponto C: portão TL, Av. Interlagos.

Veja dez roqueiros que deixaram sua marca na moda.

Bilheteria

Compra e retirada de ingressos serão feitas no portão 7 a partir das 10h.

O que pode levar?

Como é comum nesse tipo de evento, não será permitida a entrada de alimentos que não estejam lacrados, bem como de garrafas, capacetes, livros, revistas, jornais, latas, ou qualquer material de vidro e metal que possam ser pontiagudos ou cortantes. É proibida, também, a entrada com perfumes e cosméticos, fogos de artifício e bandeiras com mastro. Não será permitida também a entrada de "paus de selfie", por motivos de segurança, a organização do Lollapalooza decidiu banir o artefato da área do evento.

Pode levar chapéu (ou boné), óculos escuros, mochilas e bolsas, capa de chuva, protetor solar (e labial), canga e barra de cereal.

Equipamentos eletrônicos

O festival poderá ser filmado, gravado, ou fotografado, entretanto, não está permitida a entrada de máquinas fotográficas ou filmadoras profissionais. O jeito é registrar com o celular ou com máquinas digitais portáteis.

Clima

Segundo o site Climatempo, a temperatura deve ficar entre 19º e 27º no fim de semana do Lollapalooza. Há previsão de chuva para a tarde e noite do sábado, e durante todo o domingo, portanto, levar uma capa de chuva se torna obrigatório. Além disso, o índice UV aponta altos níveis no fim de semana, portanto, o protetor solar é imprescindível. Roupas leves e confortáveis também são indicadas, assim como jaquetas e blusas para a provável queda de temperatura à noite.

Veja em que posição está Mellon Collie and the Infinite Sadness na lista dos 10 maiores álbuns duplos de todos os tempos.

Alimentação

O único alimento indicado pela organização para levar ao evento é a barra de cereal, portanto, é melhor preparar o bolso para as opções de alimentação costumeiramente caras que o Lollapalooza oferece.

Uma das novidades deste ano é o estabelecimento de uma moeda do festival, o Lolla Mango, só com ela será possível comprar alimentos e bebidas. Um Lolla Mango custará R$ 2,50.

Entretanto, a edição de 2015 terá preços bem mais caros quando comparados aos outros anos. As bebidas tiveram um aumento de até 66,6%. A água custará 2 Mangos, o refrigerante, 3, e a cerveja será cobrada com o valor de 4 Mangos, o equivalente a R$10.

Lollapalooza 2014: “Tudo o que fazemos é um pouco esquisito”, diz integrante do Arcade Fire.

Transmissão

Nos dois dias, a partir das 14h, os canais Multishow e Bis transmitem os shows dos palcos Onix, Skol, Interlagos e Perry, na TV e na web.

28 de março (sábado)

Palco Skol

12h05 às 12h50 – Baleia

13h45 às 14h45 – Banda do Mar

15h55 às 16h55 – Alt-J

18h20 às 19h35 – Robert Plant and The Sensational Space Shifters

21h15 às 23h – Jack White

Palco Onix

12h55 às 13h40 - Bula

14h50 às 15h50 - Fitz and The Tantrums

17h às 18h15 - Kasabian

19h40 às 21h10 – Skrillex

Palco Axe

12h às 12h30 - Banda 89 FM

13h às 13h45 – Boogarins

14h15 às 15h – Nem Liminha Ouviu

15h30 às 16h30 - Kongos

17h às 18h - St. Vincent

18h45 às 19h30 - Marcelo D2

20h15 às 21h15 - Marina And The Diamonds

21h45 às 23h – Bastille

Palco Perry

13h às 14h – DJ Anna

14h15 às 15h15 – Vintage Culture

15h30 às 16h30 - E-cologik Vs Jakko

16h45 às 17h45 – DJ Snake

18h15 às 19h30 - Dillon Francis

20h às 21h – Ritmo Machine

21h30 às 22h45 – Major Lazer

29 de março (domingo)

Palco Skol

11h50 às 12h35 - Scalene

13h30 às 14h15 - Molotov

15h25 às 16h25 - Interpol

17h35 às 18h50 – Foster The People

20h15 às 22h – Pharell Williams

Palco Onix

12h40 às 13h25 – Far From Alaska

14h20 às 15h20 - Rudimental

16h30 às 17h30 – The Kooks

18h55 às 20h10 – Calvin Harris

Palco Axe

12h às 12h30 – Dr. Pheabes

13h às 14h - Mombojó

14h30 às 15h30 – O Terno

16h às 17h – Three Days Grace

17h30 às 18h30 – Pitty

19h às 20h – Young The Giant

20h30 às 22h - The Smashing Pumpkins

Palco Perry

12h15 às 13h – Chemical Surf

13h15 às 14h – Fatnotronic

14h15 às 15h - Victor Ruiz AV Any Mello

15h15 às 16h15 – Big Gigantic

16h30 às 17h30 - Carnage

17h45 às 18h45 – The Chainsmokers

19h15 às 20h15 – Childish Gambino

20h45 às 22h - Steve Aoki

Serviço

O primeiro lote de ingressos para um dos dois dias de Lollapalooza estão à venda por R$ 340 (inteira) e R$ 170 (meia-entrada), no site da Tickets For Fun (www.ticketsforfun.com.br), na bilheteria do Citibank Hall, em São Paulo (Av. das Nações Unidas, 17.955 – Santo Amaro), e em pontos de venda autorizados em todo o país. O segundo lote de Lolla Day, a ser comunicado em breve, custará R$ 380 (inteira) e R$ 190 (meia-entrada).

Estão disponíveis também ingressos do segundo lote do Lolla Pass. As entradas, que dão acesso aos dois dias de festival, custam R$ 660 (inteira) e R$ 330 (meia-entrada).

Ainda está à venda o serviço exclusivo do Sempre Livre Lolla Lounge, que dá direito a transporte até o autódromo, open bar, snack bar, buffet de jantar, área de relax, banheiros exclusivos e after party de uma hora após o término do evento. O Sempre Livre Lolla Lounge Pass (2 dias de festival) custa R$800 e o Lolla Lounge Day (1 dia de festival) custa R$450, não incluindo o valor do ingresso. Mais informações sobre este serviço estão disponíveis em www.ticketsforfun.com.br.