Lollapalooza 2016: Snoop Dogg cancelou show no festival devido à morte da avó

Rapper norte-americano também havia sido internado recentemente por “excesso de trabalho”

Redação Publicado em 07/03/2016, às 11h18 - Atualizado às 11h26

Snoop Dogg

Não tem nem graça brincar de adivinhar qual a primeira medida anunciada pelo presidente Snoop Dogg, tem?
AP

O rapper norte-americano Snoop Dogg cancelou o show que faria no próximo Lollapalooza Brasil – além das apresentações paralelas no país – devido à morte da avó. Na última sexta, 4, a organização do festival justificou o cancelamento por “imprevistos de ordem pessoal”, a pedidos da produção do músico.

A avó de Dogg morreu no último dia 25 de fevereiro, conforme ele publicou no Instagram. Nos dias seguintes, o rapper também registrou, na rede social, a viagem que fez para estar presente no enterro, além de publicar fotos antigas ao lado dela.

De acordo com o site HipHollywood, Dogg também havia sido recentemente hospitalizado em Los Angeles com condições de saúde não reveladas. O rapper admitiu que teve diversos problemas de saúde ligados ao “excesso de trabalho.”

Snoop Dogg foi substituído no line-up do festival pelo Planet Hemp, que retorna ao evento depois de três anos. O grupo de Marcelo D2 e BNegão foi escalado para o segundo dia de shows, o próximo domingo, 13 (o festival também acontece no sábado, 12).

Abaixo, veja a grade de horários do Lollapalooza 2016, recentemente divulgada.

O Lollapalooza Brasil 2016 acontece nos dias 12 e 13 de março, novamente no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, com atrações como Florence + the Machine, Alabama Shakes, Tame Impala, Mumford & Sons e Noel Gallagher, entre outras. Os ingressos para a quinta edição do festival ainda estão sendo vendidos pela internet e em postos de venda. As entradas ainda disponíveis custam entre R$ 450 e R$ 900 (há meia-entrada). Veja também a lista de shows paralelos do festival.

Recentemente, o Lollapalooza Brasil anunciou detalhes do tradicional serviço Lolla Transfer para edição de 2016 do festival. Este ano, o translado custará R$ 70 e incluirá o transporte de ônibus, micro-ônibus ou van, partindo e voltando do hotel Sheraton WTC até o Autódromo de Interlagos, ambos na zona sul de São Paulo – saiba mais aqui.