Lollapalooza 2018: LCD Soundsystem faz show com sentimento e picos de loucura

A banda absorveu a atenção do público logo no início e não a perdeu até o último acorde

Igor Brunaldi Publicado em 23/03/2018, às 23h07 - Atualizado em 28/03/2018, às 14h58

James Murphy à frente do LCD Soundsystem no Lollapalooza 2018

Ver Galeria
(3 imagens)

A apresentação do LCD Soundsystem evoca uma sensação que poucos shows conseguem evocar. O sentimento de última música da noite, aquele de explosão final, está em cada uma das faixas tocadas. Iniciando o setlist do Lollapalooza 2018 com a clássica "Daft Punk Is Playing At My House", a banda liderada por James Murphy absorveu a atenção do público e não a perdeu até o último acorde.

Passando também por faixas mais atuais, como "tonite", o instrumental, composto por uma infinidade de instrumentos eletrônicos e os respectivos efeitos que acompanhava cada um, compunha uma trilha de calmaria apaixonada com picos de loucura.

Durante uma hora de apresentação, o público se manteve claramente ativo, acompanhando cada ritmo e cada camada que era acrescentada ao pacote completo que forma a música do LCD. Com esse sentimento em mente, não poderia faltar a canção "You Wanted A Hit".

Acompanhe a cobertura do Lollapalooza 2018 pelas nossas redes sociais: estamos no Twitter (@rollingstonebr), Facebook (/rollingstonebrasil) e Instagram (@rollingstonebrasil), com resenhas e fotos e stories dos melhores momentos dos shows.