Lollapalooza 2018: todas as informações sobre acesso, palcos, horários e o que não é permitido no festival

Este ano, o evento aproximou os palcos principais para resolver os problemas das longas caminhadas nos anos anteriores; Pearl Jam e Lana del Rey são as atrações mais esperadas, pelo que indicam as informações reveladas pelo Google

Redação Publicado em 22/03/2018, às 17h38 - Atualizado às 18h41

Pearl Jam
Amy Harris/Invision/AP

A edição brasileira do Lollapalooza, apesar de já ter se concretizado como evento anual na cidade de São Paulo, não deixa de ser alvo de críticas a cada novo ano. Em seu sétimo ano (e assim como em todos os anteriores), o evento busca consertar as falhas da edição anterior e aprimorar a experiência dos espectadores.

Lollapalooza 2018: Rincon Sapiência celebra melhor momento da carreira no festival.

Previamente, a distância entre os palcos foi motivo de inúmeras reclamações, fator que os organizadores resolveram colocando os três palcos principais, Onix, Axe e Budweiser (antigo Skol), relativamente próximos um do outro, perto do portão A. Os shows no Axe e no Onix foram programados e adicionados à grade de horários para não conflitarem, devido à proximidade entre as localizações, evitando assim o vazamento de som. O Perry’s by Doritos, palco que recebe as atrações de música eletrônica (e que esse ano ganha a companhia de uma roda gigante), ficará um pouco mais afastado dos outros, perto do portão 9, no local onde ficou o Axe na edição anterior.

Enquanto caminham de um palco para o outro, os fãs poderão visitar o Lolla Market, que volta a marcar presença em mais um ano, além de poderem aproveitar para dar uma volta na roda-gigante.

Abaixo, respondemos algumas outras perguntas que muitos dos frequentadores costumam ter. Inclusive, esclarecemos algumas questões -- "Como chegar no Lollapalooza?" ou "Como se vestir para o Lollapalooza?" ou "Como ir de metrô para o Lollapalooza?" -- que, segundo um mapeamento realizado pelo Google, são algumas das mais pesquisadas esta semana.

Lollapalooza 2017: veja nossa lista de pontos altos e baixos da edição anterior do festival.

Acesso

O evento coloca à disposição do público (mais especificamente aqueles que estiverem dispostos a pagar R$ 100 por pessoa) o Lolla Transfer, que sairá dos hotéis Hilton Morumbi (Av. das Nações Unidas, 12901, Brooklin Paulista) e Transamérica Higienópolis (Rua Alagoas, 974, Higienópolis), rumando ao Autódromo de Interlagos, e ao final de cada dia, trazendo o público de volta para os locais de partida. As vagas são limitadas e é preciso chegar com antecedência de 30 minutos em relação ao horário marcado. Também será possível chegar ao local de trem, ônibus, e carro.

Carro

As ruas no entorno do Autódromo estarão todas bloqueadas durante o fim de semana, e profissionais da CET fiscalizarão a região para se certificar de que não há carros parados nos arredores. O estacionamento do próprio Autódromo estava disponível para o uso do público do festival, mas os tickets, que estavam à venda no site da Tickets for Fun, já estão esgotados.

Trem

Se a sua opção for o trem, pegue a Linha 9 - Esmeralda e desembarque na estação Autódromo, que, aos sábados, fica aberta até 1h e até meia noite na sexta e no domingo. A entrada do Lolla mais próxima da estação é o portão 9.

Táxi

Caso vá de táxi, o mais indicado seria descer próximo aos portões D, M, 7 e 8. Para ir embora, serão montados pontos de táxi nesses mesmos portões para facilitar a volta pra casa.

Bilheteria

Compra e retirada de ingressos serão feitas no portão 7 a partir das 10h.

Lollapalooza 2018: “É impossível não pensar em uma torcida de futebol ao tocar no Brasil”, diz baterista do The National.

O que não pode levar?

Na lista de coisas que não serão permitidas levar para o festival, estão: garrafas, latas, bebidas, utensílios de armazenagem, embalagens rígidas com tampa, capacetes, cadeiras ou bancos, armas de fogo e armas brancas, objetos pontiagudos, cortantes e/ou perfurantes, fogos de artifício, objetos de vidro, câmeras fotográficas ou filmadoras profissionais ou com lente destacável, cartazes feitos com papelão grosso e/ou fixados a madeiras, canudos rígidos, animais – exceto cães guias identificados e acompanhados de portadores de deficiência visual, bastão para tirar foto (o famoso “pau de selfie”), guarda-chuva, substâncias inflamáveis e corrosivas.

O que pode levar?

Será permitida a entrada de: pulseira Lolla Cashless by next, documentos pessoais, chapéu ou boné, óculos escuros, barra de cereal, canga, capa de chuva, protetor solar ou labial, câmera portátil, mochila ou bolsa, frutas cortadas e industrializados fechados.

Clima

Segundo o site Climatempo, a temperatura deve ficar entre 17º e 28º na sexta, 23. No sábado,24, as médias sobem: a mínima prevista fica em 19º e a máxima 30º. A temperatura mantém a escalada, e no domingo, 25, a temperatura deve ficar entre 21º e 32º. Há previsão de sol com nuvens durante a tarde dos três dias, assim como pancadas de chuva para o fim da tarde e noite em todos os dias do evento. É importante, então, não esquecer a capa de chuva nem o protetor solar.

Lollapalooza 2018: “O futuro do rock está acontecendo agora”, diz vocalista do Royal Blood.

Transmissão

O canal Multishow e o Multishow Play devem transmitir os shows do Palco Budweiser, e do Palco Onix, e canal Bis e o Bis Play mostrarão os shows do Palco Axe. Já o Palco Perry's, terá a transmissão feita apenas pelo Multishow Play.

Lolla Cashless by next

A mesma pulseira usada como ingresso do evento serve para a compra de alimentos, bebidas e produtos oficiais. Para isso, você precisa cadastrar sua pulseira aqui. Uma vez registrada, você pode carregá-la com créditos, evitando as filas. No dia do festival, é só fazer o pedido, aproximar duas vezes o pulso do leitor (uma para conferir o pedido e outra para confirmar) e o valor gasto será deduzido automaticamente. A cada transação realizada, um comprovante será enviado para o seu e-mail, junto com seu saldo atual. Se você não gastar todos os seus créditos, é possível pedir o reembolso após o festival e, se tiver carregado o crédito online, o reembolso será feito automaticamente.

Alimentação

Os únicos alimentos que a organização permite a entrada são frutas cortadas e barras de cereal, portanto, é melhor preparar o bolso para as opções de alimentação costumeiramente caras que o Lollapalooza oferece.

Neste ano, são três áreas dedicadas à alimentação: a novidade Sabores do Mundo, localizada entres os palcos Ônix e Budweiser, onde estarão à venda pratos típicos de seis países; 22 food trucks espalhados por todo o autódromo; e o " Chef Stage", que já tem lugar cativo no Lolla e que este ano traz 15 convidados. Ele é localizado entre o palco Axe e o palco Budweiser.

Na expectativa pelo Pearl Jam

O Google Trends mapeou as buscas por bandas que fazem parte do line-up do Lolla e, como era de se esperar, constatou que o Pearl Jam, headliner de sábado, é a banda mais buscada no Lollapalooza 2018, seguido de Lana del Rey e Red Hot Chili Peppers. De acordo com os dados, também fica claro que a região Norte do Brasil é a mais fã de Lana, enquanto o Pearl Jam tem muito público no Sudeste, Sul e Centro Oeste.

23 de março (sexta)

Palco Budweiser

11h45 às 12h30 – Nem Liminha Ouviu

12h50 às 13h35 – Selvagens à Procura de Lei

14h30 às 15h15 – Rincon Sapiencia

16h20 às 17h20 – Spoon

18h30 às 19h30 – Chance the Rapper

21h10 às 23h00 – Red Hot Chili Peppers

Palco Onix

12h00 às 12h45 - Luneta Mágica

13h40 às 14h25 - Vanguart

15h20 às 16h15 - Volbeat

17h25 às 18h25 – Royal Blood

19h35 às 21h05 - LCD Soundsystem

Palco Axe

12h50 às 13h35 - Plutão Já Foi Planeta

14h30 às 15h15 – Mallu Magalhães

16h20 às 17h20 – Oh Wonder

18h30 às 19h30 - Zara Larsson

21h10 às 22h10 - Mac DeMarco

Palco Perry

12h42 às 13h25 – Sevenn

13h35 às 14h35 – Kyle Watson

14h45 às 15h45 – FTAMPA

15h55 às 16h55 – Shiba San

17h05 às 18h05 – What So Not

18h15 às 19h15 – Alison Wonderland

19h25 às 20h25 – DVBBS

20h35 às 21h50 – Galantis

22h00 às 23h00 – Alok

24 de março (sábado)

Palco Budweiser

12h30 às 13h10 – Tagore

14h10 às 15h00 – Ego Kill Talent

16h10 às 17h10 – Anderson .Paak

18h20 às 19h20 – The National

21h00 às 23h15 – Pearl Jam

Palco Onix

11h50 às 12h25 – Ventre

13h15 às 14h05 – Liniker e os Caramelows

15h05 às 16h05 – Kaleo

17h15 às 18h15 – David Byrne

19h25 às 20h55 – Imagine Dragons

Palco Axe

12h30 às 13h10 – Jesuton

14h10 às 15h00 – Tash Sultana

16h10 às 17h10 – O Terno

18h20 às 19h20 – Mano Brown

21h00 às 22h15 – Kygo

Palco Perry

12h25 às 13h10 – Devochka

13h20 às 14h20 – Gustavo Mota

14h30 às 15h30 – Whethan

15h45 às 16h55 – Louis the Child

17h15 às 18h15 – Mac Miller

18h25 às 19h25 – Nghtmre

19h35 às 20h35 – Deorro

20h45 às 21h45 – Yellow Claw

22h00 às 23h00 – Dj Snake

25 de março (domingo)

Palco Budweiser

12h30 às 13h15 – Braza

14h10 às 15h05 – Milky Chance

16h10 às 17h10 – The Neighbourhood

18h20 às 19h20 – Liam Gallagher

21h00 às 22h30 – The Killers

Palco Onix

11h45 às 12h25 – francisco, el hombre

13h20 às 14h05 – Sofi Tukker

15h10 às 16h05 – Metronomy

17h15 às 18h15 – Khalid

19h25 às 20h55 – Lana del Rey

Palco Axe

12h30 às 13h15 – Mahmundi

14h10 às 15h05 – Tiê

16h10 às 17h10 – Tropkillaz

18h20 às 19h20 – Aurora

21h00 às 22h15 – Wiz Khalifa

Palco Perry

13h00 às 13h45 – Jørd

14h00 às 14h45 – Jetlag

15h00 às 15h45 – Cat Dealers

16h00 às 17h00 – Thomas Jack

17h15 às 18h15 – Cheat Codes

18h30 às 19h30 – Alan Walker

19h45 às 20h45 – Dillon Francis

20h55 às 22h10 – Hardwell

Serviço

O primeiro lote de ingressos para um dos dois dias de Lollapalooza estão à venda por R$ 340 (inteira) e R$ 170 (meia-entrada), no site da Tickets For Fun (www.ticketsforfun.com.br), na bilheteria do Citibank Hall, em São Paulo (Av. das Nações Unidas, 17.955 – Santo Amaro), e em pontos de venda autorizados em todo o país. O segundo lote de Lolla Day, a ser comunicado em breve, custará R$ 380 (inteira) e R$ 190 (meia-entrada).

Estão disponíveis também ingressos do segundo lote do Lolla Pass. As entradas, que dão acesso aos dois dias de festival, custam R$ 660 (inteira) e R$ 330 (meia-entrada).

Ainda está à venda o serviço exclusivo do Sempre Livre Lolla Lounge, que dá direito a transporte até o autódromo, open bar, snack bar, buffet de jantar, área de relax, banheiros exclusivos e after party de uma hora após o término do evento. O Sempre Livre Lolla Lounge Pass (2 dias de festival) custa R$800 e o Lolla Lounge Day (1 dia de festival) custa R$450, não incluindo o valor do ingresso. Mais informações sobre este serviço estão disponíveis em www.ticketsforfun.com.br.