“Lou Reed era um príncipe e um lutador”, escreve viúva em carta que descreve os últimos dias do músico

Roqueiro morreu em casa, na manhã deste domingo, 27, aos 71 anos, por causa de uma doença no fígado

Redação Publicado em 01/11/2013, às 09h26 - Atualizado às 09h32

Lou Reed e Laurie Anderson
Reprodução / Facebook

A artista Laurie Anderson, viúva de Lou Reed, escreveu uma carta sobre a morte do marido endereçada aos vizinhos – e aos fãs -, publicada no jornal East Hampton Star, uma pequena publicação que circula na área em que o casal morava, na cidade de Springs, no estado de Nova York.

Morre aos 71 anos Lou Reed, lendário músico do Velvet Underground: saiba mais da vida do “animal” do rock.

Reed e Laurie estão juntos desde o fim da década de 90. O músico morreu neste domingo, aos 71 anos, em decorrência de complicações no fígado – o mesmo que o levou a fazer um transplante em maio deste ano.

Lou Reed: 20 músicas essenciais da lenda do rock.

O médico que cuidou de Reed nos últimos anos, Charles Miller, disse que o músico, ao saber que a doença estava em estágio final, decidiu deixar a clínica em Cleveland, Ohio, para voltar à cidade onde morava.

Veja imagens de momentos da vida de Lou Reed.

“Todos nós concordamos que fizemos tudo o que podíamos”, disse ele ao The New York Times, após a morte do ex-líder do Velvet Underground e considerado um dos pioneiros a dar um ar urbano, sujo e realista ao rock and roll.

Laurie descreveu os últimos dias do casal na carta publicada. Ela confirma que Reed queria voltar para Springs e que ele morreu “observando as árvores e fazendo a famosa posição 21 do tai chi, com apenas suas mãos de músico se mexendo no ar”.

Músicos que interpretaram músicos em filmes e séries: Lou Reed.

Leia o texto na íntegra:

“Aos nossos vizinhos: que outono lindo! Tudo brilhando e dourado e toda aquela incrível luz suave. Água ao nosso redor.

Lou e eu passamos muito tempo aqui nos últimos anos e, embora sejamos pessoas da cidade grande, esse é nosso lar espiritual.

Na última semana, eu prometi a Lou que o tiraria do hospital e voltaria com ele para casa, em Springs. E conseguimos!

Top 10: uma viagem musical pela carreira do diretor Danny Boyle: Lou Reed, "Perfect Day".

Lou era um mestre do tai chi e passou seus últimos dias aqui sendo feliz e atordoado pela beleza e pelo poder e pela suavidade da natureza. Ele morreu na manhã de domingo, observando as árvores e fazendo a famosa posição 21 do tai chi, com apenas suas mãos de músico se mexendo no ar.

“O mundo perdeu um ótimo compositor e poeta. Eu perdi meu amigo de escola’, diz John Cale sobre a morte de Lou Reed.

Lou era um príncipe e um lutador, e eu sei que suas canções de dor e beleza do mundo vão encher muitas pessoas com a incrível alegria que ele tinha pela vida. Vida longa à beleza que descende e atravessa por e sobre todos nós.

Laurie Anderson

Sua amada esposa e eterna amiga”