Lucas, da Fresno, explica a Glenn Greenwald que o termo 'emo é pejorativo'; entenda

O jornalista do The Intercept revelou gostar muito da banda: "Lucas [Silveira] é foda!"

Redação Publicado em 18/11/2019, às 15h15

None
Lucas Silveira e Glenn Greenwald (Foto: Reprodução/Instagram)

Lucas Silveirausou o Instagram para contar como foi o encontro que teve com o jornalista Glenn Greenwald. O vocalista da Fresno publicou uma foto com ao lado dele nesta segunda, 18.

Na legenda, o músico escreveu que explicou ao jornalista, nascido nos Estados Unidos, porque o termo “emo” pode e já foi muito usado de maneira pejorativa no Brasil.

+++ LEIA MAIS: Com novo disco, Fresno mostra que o emo está vivo e é bem-vindo: "A tristeza do adulto é mais verdadeira"

"O Glenn não entendia porque gostar de Fresno fazia dele um 'emo'. Passamos uma tarde falando sobre isso e muitas outras coisas. É muito curioso explicar para alguém 'de fora' porque esse rótulo já foi pejorativo", escreveu.

Ainda, pontuou: "É impossível falar disso sem passarmos por pautas tão presentes na sociedade hoje, como masculinidade tóxica e homofobia. Isso sem falar no paradoxo do 'roqueiro conservador'. Aí relatei que, por muitos anos, a vulnerabilidade de um homem, inclusive na arte era inversamente proporcional à sua masculinidade percebida".

+++ PARA RELEMBRAR: 'Fresno Contra o Mundo', a nossa matéria de capa com a banda, publicada em 2010

"Tem coisas que só se mostram surreais quando verbalizadas. Parece mentira tudo que está acontecendo no Brasil, quando a gente conta para alguém. Também é surreal dizer que alguém da dimensão desse cara possa ser tão solícito, real, e são. Obrigado pela recepção que tu e o David Miranda [marido de Greenwald e deputado federal] me deram (e os 28 cachorros). Beijo nas crias, e até a próxima", finalizou.

Veja a publicação:

Glenn Greenwald surpreendeu a Internet ao compartilhar uma publicação do Fresno. Na última semana, o jornalista escreveu no Twitter: "Lucas [Silveira] é foda e os shows deles sempre ótimos."

Nas redes sociais, as reações foram hilárias. Até o marido de Greenwald, o deputado DavidMiranda, disse estar "surpreso", usando a hashtag #GlennEmo.