Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Lula decreta intervenção federal no DF após invasão ao Congresso, Planalto e STF

O presidente se pronunciou três horas depois que as sedes dos Três Poderes foram invadidas por apoiadores de Jair Bolsonaro neste domingo, 08

Redação Publicado em 08/01/2023, às 19h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Lula em pronunciamento sobre as invasões (Foto: Divulgação/ TV Brasil)
Lula em pronunciamento sobre as invasões (Foto: Divulgação/ TV Brasil)

Em transmissão ao vivo realizada na tarde deste domingo, 08, Luiz Inácio Lula da Silva comentou a invasão do Congresso Nacional, do Palácio do Planalto e do Supremo Tribunal Federal (STF) — ato que durou mais de 4 horas. Diretamente de Araraquara, no interior de São Paulo, então, o presidente decretou uma intervenção federal no Distrito Federal até o dia 31 de janeiro.

O posicionamento de Lula veio três horas e meia depois que centenas de apoiadores de Jair Bolsonaro invadiram as sedes dos Três Poderes, em Brasília, por volta das 15h. Alguns pedindo intervenção militar e outros com pedras e pedaços de madeira em mãos, os manifestantes chegaram a quebrar vidraças do Congresso e do Supremo, além de depredar diversos ambientes do Palácio do Planalto.

+++LEIA MAIS: Congresso Nacional, Palácio do Planalto e STF são invadidos por manifestantes pró-Bolsonaro

A democracia garante o direito de liberdade, de livre comunicação, de livre expressão, mas também exige que as pessoas respeitem as instituições criadas para fortalecê-la”, afirmou o presidente. “E esses vândalos, que a gente poderia chamar de fascistas fanáticos, fizeram o que nunca foi feito na história desse país.”

Em quase 15 minutos de pronunciamento, Lula frisou que as condições da invasão não têm precedentes na história do país. “É importante lembrar que a esquerda brasileira já teve gente torturada, morta, desaparecida e vocês nunca leram notícias de algum partido ou movimento de esquerda que invadisse o Congresso Nacional, a Suprema Corte e o Palácio do Planalto”, afirmou.

+++LEIA MAIS: Veja lista completa dos 37 ministros do Presidente Lula

Não tem precedentes na história do nosso país. E por isso essa gente terá de ser punida. Vamos descobrir quem são os financiadores desses vândalos que foram a Brasília e todos eles pagarão com a força da lei", pontuou o presidente.

Em Araraquara para acompanhar as áreas atingidas pelas recentes chuvas, segundo o UOL, Lula pretende voltar para Brasília para visitar as sedes danificadas. Em seu pronunciamento, o presidente ainda afirmou que serão punidos aqueles que facilitaram o furo no bloqueio, além dos policiais que não atuaram contra os manifestantes, uma vez que eles “não são de confiança da sociedade brasileira”.

Clicando aqui, você confere o decreto oficial de Lula e, abaixo, o pronunciamento do presidente:

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!