Lula rebate Bolsonaro: 'Acha que eu tenho medo dele?'

O ex-presidente Lula usou as redes sociais nesta sexta, 28, para responder declarações de Jair Bolsonaro

Redação Publicado em 28/05/2021, às 14h13

None
Montagem de Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: AP/Eliária Andrade /Agência o Globo/ GDA) e Jair Bolsonaro (Foto: Andressa Anholete/Getty Images)

Lula (PT) fez diversas críticas a Jair Bolsonaro (sem partido) nesta sexta, 28. O ex-presidente usou as redes sociais para rebater declarações do atual chefe de Estado. No Twitter, o petista falou sobre as projeções para as eleições de 2021 e disse que o concorrente “nunca trabalhou na vida.”

“O Bolsonaro quando sai na rua precisa de mil policiais fazendo segurança. Vem falar que eu tô com medo de ir pra rua?! Ele que tá com metade do que eu tenho nas pesquisas é que tem que ficar com medo. Daqui a pouco ele só vai poder visitar quartel e fazer reunião com miliciano,” publicou Lula no Twitter. 

+++LEIA MAIS: 'Quem não está contente comigo, tem Lula em 2022’, diz Bolsonaro após se irritar com apoiadora

Em seguida, o ex-presidente disse que Bolsonaro “nunca trabalhou na vida” e que tem medo de sair na rua, pois precisa ser escoltado por vários policiais, como no passeio de moto realizado no domingo, 23: 

“O Bolsonaro nunca trabalhou na vida, foi pro Exército, saiu de lá expulso, ficou 30 anos como deputado e agora tá na presidência da República se dando aumento de salário... Acha que eu tenho medo dele?! Eu nasci na rua, minha vida política é na rua,” continuou o ex-presidente.

+++LEIA MAIS: Bolsonaro chama Lula de ‘filho do capeta’ e diz: ‘Se esse cara voltar, nunca mais vai sair’

Recentemente, Bolsonaro deu diversas declarações em que chamou Lula de “ladrão de 9 dedos”. Ao se irritar com o questionamento de uma apoiadora, o atual presidente chegou a falar: "Quem não está contente comigo tem Lula em 2022." 

Projeções para as eleições de 2022 apontam Lula na liderança. O Datafolha , por exemplo, indica que o ex-presidente tem 41% das intenções de voto no primeiro turno, contra 23% de Bolsonaro, segundo a CNN. No segundo turno, o petista venceria o adversário por 55% a 32%, segundo o levantamento.


+++ SUPLA | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL