Lynyrd Skynyrd processa ex-baterista por planejar cinebiografia sobre a banda

Os integrantes sobreviventes e os espólios dos que morreram em um acidente de avião em 1977 entraram com um processo contra o filme não autorizado de Artimus Pyle

Rolling Stone EUA Publicado em 20/06/2017, às 14h13 - Atualizado às 21h00

O vocalista Ronnie Van Zant (à dir.) e o guitarrista Steve Gaines, da banda Lynyrd Skynyrd
AP

O Lynyrd Skynyrd está processando o ex-baterista Artimus Pyle por planejar uma cinebiografia para contar a história do grupo e do trágico acidente de avião no qual ele se envolveu em 1977.

O guitarrista Gary Rossington e o irmão de Ronnie Van Zant e vocalista Johnny Van Zant, além de os espólios dos integrantes do Skynyrd que morreram no acidente, estão entre aqueles que entraram com o processo contra Pyle e a coprodutora Cleopatra Records na última sexta, 16, em Nova York, Estados Unidos.

Quando Pyle anunciou os planos de contar a vida dele em uma cinebiografia, ele reconheceu que o Lynyrd Skynyrd não havia autorizado o filme, fazendo com que não fosse possível incorporar músicas da banda no longa. O filme inicialmente se chamaria Free Bird, mas uma ordem de cessar e desistir forçou a mudança do título para Street Survivors: The True Story of the Lynyrd Skynyrd Plane Crash.

No processo, obtido pela Rolling Stone EUA, o Lynyrd Skynyrd argumentou que Pyle “está livre para explorar a história da vida pessoal dele” no filme, mas que a cinebiografia corre o risco de violar “uma ordem de consentimento de 1988” em que os integrantes – incluindo Pyle – selaram um acordo sobre os direitos autorais do Lynyrd Skynyrd.

A ordem de consentimento proíbe qualquer biografia que “tenha propósito de ser uma história da banda ‘Lynyrd Skynyrd’”, sendo que “a história de vida do indivíduo” é livre de restrições.

O processo também alega que Street Survivors “pode conter uma visão potencialmente inexata ou distorcida da história do Lynyrd Skynyrd, já que será filtrada pelos olhos de Pyle e mascarada como a ‘História Verdadeira’ de um momento crucial da história da banda”.

Street Survivors: The True Story of the Lynyrd Skynyrd Plane Crash estaria atualmente em fase de produção. Uma data no tribunal foi marcada para o dia 11 de julho para o processo.

Pyle deixou o Lynyrd Skynyrd “abruptamente” após um show em agosto de 1991 e foi oficialmente demitido da banda logo depois.

“Nós queremos que este seja um bom filme que conte uma história muito íntima e apaixonada sobre a música e a banda e a subida e a queda que aconteceram tão de repente”, disse no ano passado Pyle, que sobreviveu ao acidente de avião de 1977. “Eu quero que o filme mostre meus colegas de banda da maneira que eles eram: pessoas reais e engraçadas que amavam a música, amavam o sucesso que nos permitia viajar o mundo e tocar para reis e rainhas por todo este planeta.”