Madonna não gostou da famosa interpretação de Tarantino para ‘Like a Virgin’ em Cães de Aluguel

A diva pop contatou o cineasta e disse como ele estava errado na análise

Redação Publicado em 28/04/2020, às 15h34

None
Madonna (Foto: Evan Agostini/Invision/AP) e Quentin Tarantino (Foto: Vianney Le Caer / Invision AP)

No filme Cães de Aluguel, Quentin Tarantino criou um diálogo que analisa “Like a Virgin”, música da Madonna. No entanto, em entrevista de 2016 para a Rolling Stone EUA, a diva pop revelou a verdadeira interpretação do hit.

Na cena da produção, Mr. Blonde (Michael Madsen) e Mr. Brown (Quentin Tarantino) examinam a faixa e criam dois possíveis cenários. O primeiro é que depois de sofrer com relacionamentos, a mulher da canção encontra um parceiro ideal que a faz se sentir nova. O segundo é como uma mulher teve uma experiência sexual dolorosa com um homem.

+++ LEIA MAIS: 5 projetos incríveis de Tarantino que nunca saíram do papel - mas deveriam ter [LISTA]

De acordo com o site CheatSheet, Madonna contatou Tarantino e disse ao diretor como ele estava errado na análise. Na verdade, a música falava sobre o amor, e não sobre a anatomia masculina.

Para a Rolling Stone EUA, a artista comentou o significado da música: "Eu estava cantando sobre como algo me fez sentir de uma certa maneira - totalmente nova e fresca - e todos os outros interpretaram isso como 'eu não quero mais ser virgem!' Não foi sobre isso que cantei”.


+++ RUBEL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL