Madonna revela vontade de fazer documentário sobre as favelas brasileiras

Em entrevista ao apresentador Luciano Huck, cantora aproveitou ainda para convidar a presidente Dilma Rousseff para um de seus shows no Brasil

Redação Publicado em 24/11/2012, às 17h23 - Atualizado às 18h52

Madonna
AP

Prestes a vir ao Brasil, Madonna concedeu entrevista ao programa Caldeirão do Huck e fez curiosas revelações ao apresentador. Toda a conversa foi ambientada em clima intimista, no banheiro do hotel onde a cantora estava hospedada em Miami, logo após show feito na cidade norte-americana.

Arquivo RS: há 25 anos, Madonna já mostrava que se tornaria uma estrela.

Acostumada com a correria da turnê, Madonna declarou estar ansiosa para voltar ao Brasil e disse ter vontade de fazer um documentário sobre as favelas, coisa que ainda não fez por falta de tempo. “Ali acontecem coisas loucas mas também há muita beleza e muito talento”, disse a artista, que visitou favelas tanto do Rio de Janeiro como de São Paulo.

Ela também revelou que conheceu a presidente Dilma Rousseff em uma de suas visitas ao Brasil e, a pedido de Luciano Huck, convidou-a para assistir um dos shows da passagem da turnê MDNA pelo Brasil.

Madonna, no entanto, não escondeu o cansaço depois de passar quase o ano inteiro sob uma exaustiva rotina de viagens, ensaios e apresentações. “Esse show é uma jornada da alma. Quando esta turnê acabar, terei liberado muitas coisas que estavam engasgadas desde minha última turnê”, disse a cantora que revelou estar “desesperada para ter férias”, e que isto acontecerá assim que encerrar sua passagem pela América do Sul. Também disse que um dia perfeito seria “dormir até tarde, por oito horas, sem ninguém me acordar. Tomar café com meus filhos, andar a cavalo e ir à praia”. A relação com seu filho Rocco também foi explorada, tendo o garoto de 12 anos interrompido a entrevista para dizer boa noite à mãe, que em troca lhe cobrou que escovasse os dentes.

Perguntada sobre qual é o seu feito que lhe dá mais orgulho, ela respondeu: “Ter feito as pessoas acreditarem em si mesmas – principalmente os marginalizados, gays, mulheres”.

Madonna chega ao país no início de dezembro para shows no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Porto Alegre.