Madrid se apresenta no Planeta Terra sob chuva

Dupla tocou para o pequeno público que chegou cedo para ouvir um repertório compatível ao clima do evento

Lucas Reginato Publicado em 20/10/2012, às 15h22 - Atualizado em 21/10/2012, às 16h58

Madrid no Planeta Terra

Ver Galeria
(2 imagens)

A missão de abrir oficialmente a edição de 2012 do Planeta Terra Festival ficou por conta da dupla Madrid, formada pelo ex-Cansei de Ser Sexy Adriano Cintra e pela ex-Bonde do Rolê Marina Vello. O show contido e o setlist formado por músicas autorais combinaram com o clima de começo de tarde sonolento da capital paulista.

Entrevista: Longe das pistas, o duo Madrid prepara uma estreia sombria e “sem máscaras”.

Os dois músicos permaneceram estáticos o tempo todo em cima do palco. Cintra, ao piano, ditou o ritmo do show e do pequeno público que já ocupava a pista do Indie Stage, o menor dos dois palcos do festival. As primeiras canções foram acompanhadas de uma chuva ainda tímida, que mostrou como as capas de chuva seriam necessárias, mas a água só começou a cair mais forte nos minutos finais.

Marina entrou em cena caracterizada, com um vestido preto e azul gótico e maquiagem que a transformava em uma zumbi no palco, com sangue no rosto e em todo o corpo - figurino que pareceu ter atrapalhado na hora de tocar “Your Hand”. “Sangue gruda viu gente”, brincou a cantora, e seu companheiro completou: “Prometo que não vou te bater da próxima vez”.

Todo o repertório foi baseado no álbum de estreia da dupla, Madrid, que embora tenha sido lançado poucos meses antes da apresentação no festival foi reconhecida por parte do público. “Free Fall” foi uma delas, que antecedeu a mais animada “I Fly”. “Estou ficando excitado gente!”, admitiu o músico em tom jocoso.

“Home” e “Siblings” foram, ao contrário do planejado, as últimas duas canções do repertório. “Nós vamos tocar nossa última agora”, anunciou Marina antes de ser contrariada pelo companheiro: “Não vamos não, o cara mandou a gente parar”. Aplaudida pela pequena e molhada plateia, a dupla encerrou, então, após 40 minutos, o show a abertura do festival.