Mais bandas desistem da participação no Metal Open Air e um dos palcos é desmontado

Boatos deram conta de que o festival seria cancelado após a desistência de Anthrax, Blind Guardian e Grave Digger, mas organizadores negaram

Redação Publicado em 21/04/2012, às 21h43 - Atualizado às 21h49

Blind Guardian
Reprodução/Facebook Oficial

A saga do Metal Open Air continua. Anthrax, Blind Guardian (foto) e Grave Digger também desistiram de sua participação no evento maranhense. Desta forma, apenas Megadeth, dentre as atrações grandes, subiu ao palco.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Durante todo o dia, correram boatos de que o festival seria cancelado por completo, mas os organizadores negaram a informação e as atividades continuam. Não há informações sobre como será este domingo, 22, mas um dos palcos, batizado de Ronnie James Dio, foi desativado. Os camarins dele também foram desmontados.

De acordo com o portal G1, a medida foi tomada porque os organizadores tiveram medo que o público, revoltado com todos os problemas de estrutura e organização, se revoltasse e destruísse esses espaços. A Tropa de Choque da polícia está no local para fazer a segurança.

O Blind Guardian comunicou sua desistência por meio do perfil no Facebook, afirmando que “até onde sabemos, parece que a organização local não conseguiu criar a segurança necessária para um festival. As coisas estão fora de controle lá".

O vocalista do Grave Digger Chris Boltendahl escreveu no Facebook: “problemas entre o promotor, companhia de luz e muitos outros problemas nos forçaram a cancelar a nossa participação no MOA. Um dia muito triste...”. Há relatos de que a companhia de luz não teria sido paga, gerando uma das ameaças de cancelamento do evento em si.

De acordo com o site Whiplash, 30 das 47 atrações anunciadas não subiram ao palco, todas alegando os mesmos motivos: falta de segurança e estrutura e não recebimento de cachês, passagens aéreas e confirmação de hospedagem.

As reclamações de falta de infraestrutura para o público acontecem desde a última quinta, 19, quando as pessoas chegaram para acampar. Houve reclamação de falta de água e higiene no acampamento, montado em meio aos estábulos de cavalo. Saiba mais aqui e leia sobre os outros cancelamentos nos links abaixo.