Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Notícias / GOT

Maisie Williams ficou 'perdida por tanto tempo' com sucesso de Game Of Thrones

Atriz contou que lutou para encontrar a própria identidade após ficar famosa aos 12 anos: 'Isso me trouxe muito desconforto'

Maisie Williams (Foto: Rob Kim/Getty Images)
Maisie Williams (Foto: Rob Kim/Getty Images)

Game Of Thrones (2011) foi um dos maiores sucessos da história da HBO. A série mudou a vida de todos os envolvidos na produção, mas nem tudo são flores. Para uma das estrelas da série, a fama teve seu impacto. A intérprete de Arya Stark, Maisie Williams, se abriu sobre a experiência de ficar mundialmente famosa aos 12 anos.

Em entrevista ao Sunday Times a atriz contou que foi difícil encontrar a própria personalidade e se sentir “confortável na minha própria pele,” relembrou a atriz. “Fiquei tão perdida por tanto tempo e sabia que estava, e quando não consegui definir o que sentia que era minha identidade, isso me trouxe muito desconforto”, disse ela. “É difícil até me colocar lá atrás e falar sobre como foi difícil só porque acho que está feito.”

+++LEIA MAIS: Sex Pistols ganhará série biográfica com Maisie Williams no elenco; conheça Pistol

Williams elaborou seu ponto de vista sobre como encontrar a identidade entre ela e sua atuação, dizendo que “interpretar personagens tem sido tão fascinante, mas fiz isso durante um período realmente formativo em minha vida”. Agora, aos 26 anos, a atriz se sente muito mais confortável em sua própria pele.

“Foi o pior quando eu também estava fora de contato comigo mesma - sem saber sua identidade e esse tipo de coisa — acho que a rejeição naquele momento parecia tão pessoal, tão dolorosa”, disse ela. “Eu apenas me compararia a outras atrizes, à aparência das pessoas e a todas as maneiras mais destrutivas pelas quais você pode se comparar."

+++LEIA MAIS: Maisie Williams desabafa sobre lidar com rejeição após Game Of Thrones: 'Nunca tinham me dito não'