A maldição de Glee? Jornal aponta tragédias, escândalos e polêmicas que marcaram a série teen

Desde bullying até crimes graves, equipe e elenco passaram por situações difíceis durante e depois gravações

Redação Publicado em 09/07/2020, às 10h40

None
Glee (Foto: Divulgação/Fox)

A série musical Glee, do canal norte-americano Fox, foi um sucesso durante todas as seis temporadas, lançadas entre 2009 e 2015. Após o final do programa, estrelas do elenco se envolveram com diversas tragédias e escândalos, uma série de eventos considerados “a maldição de Glee”, como aponta o Daily Mail.

Após a notícia do desaparecimento de Naya Rivera, intérprete de Santana Lopez, na tarde de ontem, 8, o jornal listou outros acontecimentos infelizes ocorridos com atores e atrizes envolvidos na produção. O filho de Naya, de 4 anos, foi encontrado sozinho em um barco e as autoridades lidam com o caso como um “possível afogamento”.

Prisão

Segundo a publicação, Naya foi presa em 2017 por suspeita de violência doméstica contra Ryan Dorsey, ex-marido e pai de Josey Hollis, filha do casal. Dorsey retirou a queixa algum tempo depois.

+++ LEIA MAIS: Glee: 3 motivos para rever a série de Ryan Murphy - e 3 para nunca mais revê-la

Overdose

Cory Monteith, intérprete de Finn Hudson em Glee, passou por um período na reabilitação contra vício em drogas e álcool, mas morreu poucos meses após sair da clínica, em 2013, vítima de uma combinação letal de heroína e álcool. Na época, o ator namorava Lea Michele.

Bullying no set

Lea foi acusada recentemente de praticar bullying contra uma colega de elenco. Segundo Samantha Marie Ware, que interpretou a personagem Jane Hayward na última temporada da série, a protagonista praticou uma série de “micro agressões traumáticas” nos bastidores da série e transformou as gravações “um inferno na Terra”. Lea se desculpou publicamente em seguida.

Pornografia infantil

Mark Salling, o Noah Puckerman da série, aguardava julgamento por posse de pornografia infantil quando cometeu suicídio, em 2018, aos 35 anos. O ator se declarou culpado antes do início do julgamento e conseguiu um acordo para diminuição de pena.

+++ LEIA MAIS: A maldição do Pearl Jam: por que a banda trocou 6 vezes de baterista em 8 anos?

Mortes na equipe

O restante da equipe de Glee também parece afetado pela “maldição” ao redor da série, de acordo com o Daily Mail. Jim Fuller, assistente de direção, morreu após um ataque cardíaco em 2013. No ano seguinte, a assistente de produção Nancy Motes, irmã da atriz Julia Roberts, cometeu suicídio.


+++ RAEL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO