Diretor de Searching for Sugar Man se suicidou, segundo irmão

Malik Bendjelloul ganhou o Oscar com o documentário sobre a vida do cantor Sixto Rodriguez

Redação Publicado em 14/05/2014, às 14h23 - Atualizado às 14h44

.
Evan Agostini/AP

O cineasta sueco Malik Bendjelloul, vencedor do Oscar com o documentário Searching for Sugar Man, em 2013, foi encontrado morto nesta terça-feira, 13, após ter cometido suicídio. A causa da morte, até então desconhecida, foi confirmada pelo irmão do diretor, Johar, à agência de notícias Associated Press.

A Vida Depois Sugar Man: como o cantor e compositor Rodriguez se tornou um astro improvável aos 70 anos

Johar também disse que Bendjelloul vinha lutando contra uma depressão nos últimos anos e não deu mais detalhes do caso. O diretor estava na casa dele, em Estocolmo, quando foi encontrado pela polícia. Ele tinha 36 anos.

Com seu filme de estreia, o documentário Searching for Sugar Man, Bendjellou foi destaque em 2012 e 2013. O longa – vencedor de 33 prêmios, entre eles o Oscar e o BAFTA – conta a história do cantor norte-americano Sixto Rodriguez que, apesar de esquecido nos Estados Unidos, ganhou fama em diversos países do exterior.

Quando criança, o sueco atuou na série Ebba och Didrik. Posteriormente, estudou jornalismo e produção midiática na Linnaeus University of Kalmar. Ele também produziu uma série de documentários musicais para a televisão e trabalhou como repórter no programa Kobra.