Mania de Walter White com sanduíches sem casca em Breaking Bad tem história mórbida e sombria; relembre

O protagonista adotou manias das pessoas que matava na série

Redação Publicado em 30/05/2020, às 20h00

None
Bryan Cranston como Walter White (foto: reprodução AMC)

Walter White não come sanduíches sem tirar a casca do pão emBreaking Bad. O que muitos fãs não lembram é a forma sombria que o levou a adquirir esse hábito, lá na primeira temporada.

Quem se lembra do traficante mexicano Krazy-8, a primeira pessoa a se oferecer para comprar e circular a metanfetamina do Heisenberg? 

+++LEIA MAIS: Visite (virtualmente) cenários de séries famosas como La Casa de Papel e Breaking Bad

Porém, a negociação dá muito errado e Krazy-8 tenta matar Walt e Jesse, que conseguem desmaiá-lo com gás improvisado e prendem no sótão de uma casa. O personagem de Bryan Cranston decide alimentar o refém com um sanduíche e então percebe que ele tira a casca do pão.

Logo depois, devido as fortes tosses do câncer de pulmão, o protagonista caí e deixa um prato quebrar no chão. Krazy-8 aproveita a chance e pega uma lasca de cerâmica afiada, para matar o captor se necessário. Mas Walter percebe isso e opta por matar a primeira pessoa vida dele.

+++LEIA MAIS: Breaking Bad: Bryan Cranston e Aaron Paul se prepararam para participar de spin-off: ‘Estamos prontos’

Depois do assassinato brutal, porém, o personagem repete várias vezes o ritual de fazer um sanduíche sem as cascas: 

O showrunner Vince Gilligan admitiu várias vezes que as cenas são propositais e ilustram a evolução da psicopatia de Walter White. O gesto é uma maneira simbólica de viver a vida das pessoas que ele mata, além da evolução do personagem como um criminoso e predador social.


+++ VITOR KLEY | A TAL CANÇÃO PRA LUA | SESSION ROLLING STONE