Marcão do Povo, apresentador do SBT, sugere 'campo de concentração' para tratamento de pessoas com coronavírus

"Eu acho que vai voltar tudo ao normal (...) É uma ideia, fica a dica", disse o jornalista ao vivo no programa Primeiro Impacto

Redação Publicado em 08/04/2020, às 14h10

None
Marcão do Povo (Foto: SBT / Reprodução)

O apresentador do programa Primeiro Impacto, do SBT, Marcão do Povo sugeriu que fossem criados “campos de concentração” para isolar as pessoas infectadas com o novo coronavírus.

“Não seria interessante pegar, por exemplo, montar um campo de concentração, com equipamentos sofisticados, com os melhores profissionais e colocar essas pessoas com problemas e sintomas?”, disse o jornalista. “Esse negócio de vários governadores que nem sequer um caso foi comprovado e o estado decretou calamidade. O estado tem necessidade de decretar calamidade? Não tem!”, afirmou.

+++LEIA MAIS: Ator de Homem de Ferro é preso pelo FBI por vender ‘cura’ para o COVID-19

Marcão do Povo também defendeu a abertura de comércios no país para que tudo volte a funcionar “normalmente”, conforme as ordens de Jair Bolsonaro.

“O senhor [Bolsonaro] é o presidente da República, dá um decreto, põe o exército nas ruas, e aí o governador que descumprir… cana. Monta um campo, um local adequado e trata as pessoas lá. Os comércios abrem e funcionam tudo normalmente, para não ter esse negócio de espalhar dinheiro e todo mundo estar vivendo desse jeito”, afirmou.

“É uma ideia que eu tô dando, a população pode concordar ou não concordar, o Presidente pode acatar ou não acatar. Eu acho que vai voltar ao normal, ‘vamo’ voltar todo mundo a trabalhar, a vida vai seguir. É uma ideia, fica a dica!”

+++LEIA MAIS: Jennifer Aniston diz que isolamento social não é um desafio: “Tenho agorafobia”

Assista ao vídeo de Marcão do Povo abaixo:


+++ DISCOGRAFIA DO THE STROKES: OS ALTOS E BAIXOS DOS ARRUACEIROS DE NOVA YORK