Mariah Carey é processada pela própria irmã por acusá-la de abusos na infância

Alison Carey está pedindo indenização à cantora por humilhação pública

Redação Publicado em 03/02/2021, às 12h53

None
Mariah Carey (Jamie McCarthy/Getty Images)

Mariah Carey está sendo processada em US$ 1,25 milhão por sua irmã mais velha, Alison Carey, por "humilhação pública", informou a People. O motivo? Na biografia The Meaning of Mariah Carey, a cantora expõe situações de sua infância difícil que envolvem abusos sofridos por sua irmã. 

No livro, Mariah Carey relata que, aos 12 anos, Alison lhe drogou com remédios e tentou fazer com que se prostituísse, agindo como se fosse uma cafetina. Em outro relato, Alison jogou uma xícara de chá fervendo em Mariah, causando-lhe queimaduras de terceiro grau. 

+++LEIA MAIS: Hit de 1994 da Mariah Carey, 'All I Want For Christmas Is You' domina top 100 da Rolling Stone EUA pela quarta semana seguida

A intimação judicial protocolada no tribunal de Nova York diz que Mariah Careyfoi "cruel e vingativa" ao infligir intencionalmente o "sofrimento emocional" de Alison. A papelada ainda acusa a cantora de "usar seu status de figura pública para atacar a irmã que não tem dinheiro, gerando manchetes sensacionalistas que descrevem acusações sinistras para promover as vendas de seu livro."

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

O documento também diz que Alison foi diagnosticada com estresse pós-traumático, ansiedade e depressão, além de ter voltado a abusar do álcool após o lançamento do livro em setembro de 2020.  

"A requerente exigirá uma quantia não inferior a US$ 1,25 milhão de compensação pela imensa angústia emocional causada pela humilhação pública impiedosa, cruel, vingativa, desprezível e totalmente desnecessária da réu", diz a intimação assinada por Alison Carey. 

+++LEIA MAIS: Mariah Carey gravou no sigilo um disco de grunge nos anos 1990

De acordo com a People, uma oferta de acordo foi enviada anteriormente aos advogados de Mariah Carey, mas não ouve retorno da equipe judicial da cantora. 


+++ PAI EM DOBRO | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL


+++MAIS SOBRE ENTRETENIMENTO: As 13 melhores músicas de rock para o Natal 

 

“2000 Miles” - The Pretenders (1984)


“Christmas Time Is Here Again” - The Beatles (1967)


“Christmas All Over Again” - Tom Petty & the Heartbreakers (1992)


“Little Drummer Boy / Peace on Earth”  - David Bowie & Bing Crosby (1982)


“Thank God It's Christmas” - Queen (1984)


“Sock It to Me Santa” - Bob Seger & the Last Heard  (1966)


“Santa Claus Is Coming to Town” - Bruce Springsteen (1975)


“Wonderful Christmastime” - Paul McCartney & Wings (1979)


“Father Christmas” - The Kinks (1977)


“Happy Xmas (War is Over)” - John & Yoko/Plastic Ono Band (1971)


“Not Another Christmas Song” - Blink-182 (2019)


“Don’t Shoot me Santa” - The Killers (2016) 


"Merry Christmas (I Don't Want To Fight Tonight)" - Ramones (1989)