Marilyn Manson acusa Evan Rachel Wood de difamação após denúncias em documentário

Marilyn Manson processou Evan Rachel Wood por supostamente forjar situações de perigo

Redação Publicado em 03/03/2022, às 09h49

None
Marilyn Manson (Foto: Getty Images)

Marilyn Manson - nome artístico de Brian Warner - processou Evan Rahcel Wood por difamação, além de negar as acusações de abuso sexual. A ação foi apresentada ao Tribunal Superior de Los Angeles na última quarta, 2, segundo o Terra.

Conforme o processo, as acusações de estupro e abuso feitas Wood foram "uma falsidade maliciosa a qual descarrilou a carreira de sucesso de Warner na música, na TV e no cinema." Rachel não foi a única a denunciar Manson. Entre as 15 vítimas estão a atriz Esmé Bianco (Game of Thrones), ex-namorada, e a ex-assistente, Ashley Walters. Ele negou todas as alegações, chamando-as de "terríveis distorções da realidade."

+++ LEIA MAIS: Evan Rachel Wood revela abusos de Marilyn Manson em documentário da HBO; conheça Phoenix Rising

A ação movida pelo advogado do músico, Howard King, também alega que Wood se passou por agente do FBI: "Forjou e distribuiu carta fictícia para criar a falsa impressão de que as supostas 'vítimas' de Warner e suas famílias estavam em perigo, e que havia uma investigação criminal federal em andamento."

A suposta conspiração contra Manson envolvia as outras vítimas, as quais teriam recebido "roteiro" de Evan. Cantor reiterou como todas as declarações dela são "conscientemente falsas" e a acusou de invadir o computador dele para implantar provas.

+++ LEIA MAIS: Marilyn Manson: Polícia invade casa do músico por acusações de violência sexual

Em publicação no Instagram, Brian declarou: "Chegará um momento quando poderei compartilhar mais sobre os eventos do ano passado. Até lá, vou deixar os fatos falarem por si," e mencionou link com conteúdo do processo.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Marilyn Manson (@marilynmanson)


Phoenix Rising - documentário de Evan Rachel Wood

Evan Rachel Wood relatou os abusos que sofreu e Marilyn Manson no trailer do documentário da HBO Phoenix Rising [A Ascensão da Fênix, em português]. A produção acompanha relatos da atriz e de pessoas próximas sobre o relacionamento dela com Manson entre 2007 e 2010.

+++ LEIA MAIS: Polêmico Marilyn Manson: porque foi preso, porque foi solto, e do que é acusado? Tudo sobre acusações sexuais e de agressão

Phoenix Rising estreou no Festival Sundance de Cinema em janeiro de 2022 e deve chegar ao streaming em 15 de março. Amy Berg, conhecida pelo trabalho no filme de terror Livrai-nos do Mal (2014), é a diretora. Confira o trailer: