Marilyn Manson 'começou a me aliciar quando era adolescente e me abusou terrivelmente durante anos', diz Evan Rachel Wood

Há alguns anos, a atriz denunciou ter sofrido violência doméstica de ex-parceiro, mas deu nenhum nome

Redação Publicado em 01/02/2021, às 13h55

None
Evan Rachel Wood (Foto: Getty Images / Matt Winkelmeyer / Equipe

Em postagem no Instagram, Evan Rachel Wood acusou Marilyn Manson de tê-la aliciado desde adolescência e abusado "terrivelmente" por anos. A atriz já havia falado sobre ter sobrevivido a violência doméstica, mas não revelou nenhum nome. Os dois tiveram breve noivado em 2010. A informação é do Pitchfork.

"O nome do meu agressor é Brian Warner, conhecido mundialmente como Marilyn Manson", escreveu Wood. “Começou a me aliciar quando eu era adolescente e abusou terrivelmente de mim durante anos. Fui submetida a lavagem cerebral e manipulada até a submissão. Cansei de viver com medo de retaliação, calúnia ou chantagem."

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

A artista ainda afirmou que fez a postagem para "expor este homem perigoso" e também "convocar as muitas indústrias que o capacitaram, antes que ele arruíne mais vidas." Evan Rachel Wood finalizou: "Fico com as muitas vítimas que não ficarão mais em silêncio."

Pitchfork procurou representantes dos dois artistas, mas recebeu nenhuma resposta. Já a Vanity Fair publicou declarações de outras quatro mulheressobre Manson.

Em 2016, Wood falou à Rolling Stone EUA sobre abusos "físico, psicológico e sexual" nas mãos de um parceiro, estupros de "uma pessoa importante enquanto estávamos juntos."

+++LEIA MAIS: John Dolmayan, do System of a Down, diz que foi 'cancelado' por ser de direita - e criticou Black Lives Matter

Em 2018, a artista testemunhou, perante subcomitê, em apoio à Declaração de Direitos dos Sobreviventes de Violência Sexual. No ano seguinte, testemunhou a favor da Lei de Phoenix, a qual prorroga o prazo prescricional para crimes de violência doméstica, em audiência com legisladores da Califórnia. A lei foi aprovada em 2019.


+++ PAI EM DOBRO | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL