Marilyn Manson leva soco no rosto em restaurante no Canadá

Cantor negou acusações de que teria provocado o agressor

Redação Publicado em 08/04/2015, às 09h56 - Atualizado às 13h56

-
Paul A. Hebert/AP

O controverso roqueiro Marilyn Manson fazia uma refeição em restaurante na cidade de Alberta, no Canadá, no domingo passado, 5, quando recebeu um soco no rosto, noticiou o TMZ. Supostamente, Manson teria ofendido a namorada do agressor, versão que foi desmentida por ele.

Galeria: 15 grandes rebeldes da música internacional.

O empresário do cantor alega que o homem se aproximou enquanto duas garotas pediam para tirar uma foto com o artista. Depois do ato de violência, o indivíduo teria gritado, enquanto era retirado por seguranças, que explodiria uma bomba no próximo show de Manson.

Marilyn Manson na meia-idade: mais academia, menos absinto - e o melhor álbum dele em 15 anos.

Em entrevista ao Toronto Sun, a testemunha Johnny Scott contou que “Manson nem teve chance de se sentar. Ele estava sendo amigável com todos, qualquer um que quisesse uma foto ele daria. Eles estavam apenas conversando e o cara simplesmente bateu na cara dele sem nenhuma provocação”. O músico teria deixado o local bastante irritado e com o nariz sangrando.

Smashing Pumpkins e Marilyn Manson farão turnê conjunta na América do Norte.

A polícia local confirmou que recebeu uma chamada no domingo sobre um entrevero envolvendo três pessoas, que resultou em lesões leves. Nenhuma queixa foi feita.

Manson lançou em janeiro o nono disco de estúdio da carreira, The Pale Emperor. No final de março, foi anunciada uma turnê em conjunto entre ele e o Smashing Pumpkins. Intitulada The End Times, a excursão acontece em julho e agosto de 2015, nos Estados Unidos e no Canadá.