Marilyn Manson nega participação em vídeo com “violação sexual” de Lana Del Rey

“Deve ter sido feito por fãs”, diz um representante do músico em comunicado

Redação Publicado em 21/11/2014, às 12h01 - Atualizado às 13h47

Lana Del Rey é estuprada em vídeo bizarro com participação de Marilyn Manson

Ver Galeria
(8 imagens)

O cantor Marilyn Manson negou envolvimento em um vídeo bizarro, nunca antes divulgado, com participação de Lana Del Rey, no qual a cantora é estuprada. De acordo com o site Pitchfork, um representante de Manson enviou um comunicado à imprensa negando qualquer tipo de colaboração do músico no vídeo: “Deve ter sido feito por fãs”.

Edição 95 – As constantes mudanças de humor e a inexplicável tristeza de Lana Del Rey.

Na íntegra, a nota diz: “Manson não dirigiu e não gravou o vídeo, que também não foi feito para algum clipe de Marilyn Manson ou para ser usado em algumas música dele. O vídeo deve ter sido feito pelos fãs, juntando antigas imagens de Manson com filmagens de Lana Del Rey feitas por alguma outra pessoa”.

O vídeo, intitulado Sturmgruppe, supostamente tem direção de Eli Roth (O Albergue) que, em entrevista recente ao apresentador Larry King, afirmou não só ter feito as gravações, como disse que as imagens são "doentias".

Crítica: Lana Del Rey – Ultraviolence.

Na época da entrevista – que aconteceu em 2013 – Roth ainda chegou a dizer que o vídeo estaria “trancado em um cofre há mais de um ano”. As imagens vazaram na internet na última quinta-feira, 20, e, apesar de ter sido excluído de plataformas como o YouTube e o Vimeo, o vídeo segue disponível em algumas páginas – assista abaixo.


dfsgpor dioguinhoblog

Veja também um trecho da entrevista na qual Eli Roth comenta a produção do vídeo.