Mark Hamill opinou sobre nova trilogia de Star Wars: ‘Gostaria de ter trabalhado mais com o elenco jovem’

O intérprete de Luke Skywalker fala aos poucos em entrevistas e publicações nas redes sociais sobre as frustrações com os novos filmes

Redação Publicado em 14/05/2020, às 12h00

None
Mark Hamill como Luke Skywalker (foto: reprodução/ Lucasfilm)

Ao longo da produção da segunda trilogia de Star Wars, Mark Hamill se mostrou um dos atores mais reativos em relação as decisões dos diretores Rian Johnson e J. J. AbramsEm uma entrevista ao site The Daily Beast sobre as frustrações causadas pelos novos filmes.

“Eu não sei quando, nesses últimos anos, o fandom se tornou tão reativo. Mas as pessoas são entusiasmadas e não tem como eu evitar o entusiasmo, porque vivi muito tempo com Luke Skywalker]”, disse Hamill.

+++LEIA MAIS: Como J.J. Abrams repetiu os próprios clichês e arruinou Star Wars [ANÁLISE]

“Então, fosse no Episódio VII, VIII ou IX, eu discordava de algo e eu dizia para qualquer um ‘bom, não sei se isto está certo’”, contou o ator. Entretanto, depois ele defendeu as visões de Abrams e Johnson. “Todos temos o mesmo objetivo: fazer o melhor filme possível”.

Sobre o papel relativamente reduzido na nova trilogia, Hamill disse apenas que gostaria de ter trabalhado mais com o elenco mais novo. “Eu acho que os personagens são ótimos e os atores são perfeitos. Eu gostaria de ter trabalhado mais com eles, óbvio, porque eu estava sempre isolado”.

+++ LEIA MAIS: Livro de Star Wars: A Ascensão Skywalker revela últimas palavras de Kylo Ren para Rey

Recentemente, Hamill disse em uma postagem no Twitter que sua participação em A Ascensão Skywalker (2019) seria a última participação dele na franquia criada por George Lucas.


+++ O TERNO | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL