Mark Hoppus diz que novo disco do Blink 182 está agressivo

Ainda não foi divulgada data de lançamento, mas Travis Barker garantiu que sai até o final de junho

Redação Publicado em 25/03/2019, às 16h43

None
Mark Hoppus, Travis Barker e Matt Skiba (Foto:Amy Harris/Invision/AP)

Já faz um tempinho que quase semanalmente algum integrante do Blink 182 dá uma entrevista e solta alguma informação nova sobre o próximo disco do trio. 

Dessa vez, o baixista e vocalista Mark Hoppus, em conversa com o site NME, falou que as músicas que estão prestes a lançar são bem diferentes daquelas apresentadas no antecessor Californa (2016). 

“É muito mais agressivo e sombrio, tanto nos temas quanto no tom”, revelou. Estamos experimentando mais, com sons diferentes, e com o objetivo de expandir a imagem que as pessoas já tem do Blink 182”, completou.

Hoppus contou também que o trio gravou mais de 40 canções para escolher as melhores que vão para o álbum final. De acordo com ele, as letras são “bem pessoais. O mundo no geral é um lugar muito estranho nos dias de hoje. As pessoas estão feridas, todo mundo está alerta, e isso penetra em tudo que fazemos.”

Mas apesar do tom e dos temas mais pesados, ele ainda se mostra esperançoso. “Mesmo assim, ainda acontece muita coisa positiva. Espero que a gente esteja movendo o mundo na direção certa, mesmo com todos esses obstáculos estranhos pela frente.”

Recentemente, o baterista Travis Barker revelou que o disco está quase pronto, além de dizer que, graças ao caráter experimental, este pode vir a ser um dos discos mais importantes da banda. Para ele, o novo álbum vai representar para essa nova fase do Blink, uma evolução e uma mudança parecidas com a que representou o disco homônimo de 2003.

Barker também garantiu que o trabalho vai sair antes do show que eles farão no Vans Warped Tour, que acontece no final de junho.