Mark Ronson desenha linha de tênis para Gucci

Produtor de Amy Winehouse também trabalhará em vinil com faixas exclusivas para acompanhar o lançamento da marca italiana

Da redação Publicado em 07/08/2009, às 13h10

Sempre associado ao estouro de Amy Winehouse, o produtor e multi-instrumentista Mark Ronson seguirá os passos da cantora no mundo da moda: assim como ela, que poderá assinar uma coleção para a grife PPQ, o britânico desenhou uma linha de sneakers para a Gucci.

A diferença é que Ronson, ao contrário da cantora (para quem produziu Back To Black, seu segundo e mais bem-sucedido álbum), não é aposta de risco. Sua coleção de calçados já tem previsão, outubro, e preço mínimo: US$ 500.

Os pares serão vendidos em "pop-up stores" da marca de luxo - o conceito, idealizado por Frida Giannini, a diretora criativa da marca, consiste em pontos temporários de venda, abertos em lugares estratégicos do mundo. As lojas da vez ficarão em Nova York, Miami, Tóquio, Paris, Hong Kong, Berlim e Londres.

Ronson criou 16 modelos masculinos e dois femininos. De acordo com o jornal britânico The Telegraph, o design, vendido em edição limitada, fundirá traços característicos da grife, como o logo "GG", à concepção do novo estilista.

"Desde que me sentei com Mark pela primeira vez, tivemos conexão", disse Giannini, louvando um artista que ultrapassa as fronteiras "culturas e de geração". De moda, certamente, Ronson entende: em abril, ele foi eleito o britânico mais bem vestido pela revista GQ.

Junto ao sneaker, o cliente levará de bônus um vinil com faixas exclusivas, produzidas pelo artista que, na agenda hypada, tem compromissos como discotecar em tributo ao que seria o aniversário de 51 anos de Michael Jackson e tocar na Plastic Ono Band, banda de Yoko Ono.

"Passei vários anos como colecionador ávido de sneakers", admitiu Ronson. "Frida e eu concordamos que seria importante ter um elemento musical único para o projeto. Então, colaborarei com artistas, produzindo faixas limitadas para cada inauguração de loja." Só ficou faltando revelar quem serão os parceiros musicais do produtor que, além de Winehouse, ajudou a bombar nomes como Lily Allen e Adele.