Mart'nália leva a boemia melancólica de Vinicius de Moraes para caminhar pela noite carioca em "Onde Anda Você"; assista

Elogiada por Caetano Veloso, trabalho traz a sambista experimentando o som da bossa do Poetinha

Pedro Antunes Publicado em 11/04/2019, às 10h00

None
Mart'nália canta Vinicius de Moraes em novo disco (Foto: Eny Miranda)

Sozinha, pela noite carioca, Mart'nalia caminha com aquele sorriso gostoso conhecido dela no rosto. Leveza ela tem até para falar de saudade. Assim é "Onde Anda Você", o novo clipe da artista, lançado nesta quinta-feira, 11, com exclusividade pela Rolling Stone Brasil, como parte do projeto Mart'nalia Canta Vinicius, disco lançado no fim de março.

Nele, Mart'nália regrava o Poetinha, figura essencial para a construção da imagem do Rio de Janeiro da boemia, dos bares cheios, do calor das ruas e das cervejas geladas. A direção do vídeo - que pode ser assistido ao final do texto - é assinada por Jodele Larcher e tem roteiro e co-direção de Márcia Alvarez.

"Acho 'Onde Anda Você' uma das mais lindas canções de Vinicius.O que me atrai nela é a boemia que ela traz, a noite dos bares", conta Mart'nália. "Escolhi fazer o clipe dela porque além de tudo de lindo que ela traz, notava que, ao cantar essa música no show, + Misturado, as pessoas se jogavam cantando."

Caetano Veloso, por exemplo, se derreteu ao se encontrar com o Mart'nália Canta Vinicius:

"Nada poderia representar melhor o coração inflamado do carioca do que unir Vinicius e Mart’nália. Essa intensa preguiça para tudo o que não seja paixão amorosa e criação artística faz do mero anúncio de um álbum dedicado por ela à obra dele um vislumbre do essencial da alma do Rio", escreveu ele, em texto que acompanhou o lançamento do novo álbum de Mart'nália.

A canção escrita originalmente por Hermano Silva e Vinicius de Moraes, lançada em 1974, mostra-se um retrato nostálgico e ideal de um Rio de Janeiro de hoje que sangra por 80 tiros e chora por alagamentos.

Mart'nália, com a canção, propõe uma viagem por esse mundo tão mais doce e etílico para cantar a falta de alguém. "Onde Anda Você" tem o andamento dos passos perdidos por bares outrora acompanhados. Agora sozinhos, eles exalam saudade.

Mas, com Mart'nália, até a mais melancólica das canções é reenergizada como um gole de café pela manhã ou de cerveja no fim da tarde.

Ela leva a fundo o lema: "É melhor ser alegre do que ser triste", também criado pelo Poetinha Vinicius, em "Samba da Bênção", faixa escolhida para abrir o disco Mart'nália Canta Vinicius. O álbum tem outras versões marcantes, como "Insensatez , com participação de Carla Bruni, e "Eu Sei Que vou Te Amar" / "Soneto de Corifeu", com Maria Bethânia.

Assista ao vídeo de "Onde Anda Você":

Produzido Arthur Maia, morto em dezembro de 2018, e com arranjos de Fernando Caneca, Mart'nália Canta Vinicius, lançado pela Biscoito Fino, já está disponível em todas as plataformas digitais.

A turnê do novo trabalho tem início nesta quinta-feira, 11, no Vivo Rio, no Rio de Janeiro, a partir das 21h30.