Pulse

Marvel quase não contratou Robert Downey Jr porque ele era pouco "família"; entenda

Antes de entrar para o universo dos heróis, o ator foi demitido de Ally McBeal devido à prisões e ao uso de drogas

Redação Publicado em 14/11/2019, às 17h16

None
Robert Downey Jr. em Vingadores: Ultimato (Foto: Reprodução / Marvel)

Dá para imaginar o Homem de Ferro interpretado por outro ator que não Robert Downey Jr.? A princípio, a Marvelera bem cautelosa em como iria produzir a imagem do super-herói, porque a ideia era uma produção direcionada para toda a família, "family friendly".

O diretor Jon Favreau quem indicou Robert Downey Jr. para o papel de Tony Stark, no entanto, a produtora revelou que a indicação era preocupante, embora o ator atendesse as características necessárias para o herói.

+++ LEIA MAIS: Batman ou Homem de Ferro: qual é o super-herói mais rico? E por quê? [ANÁLISE]

Isso porque, antes de entrar para o MCU (Universo Cinematográfico Marvel), o astro tinha sido demitido do seriado Ally McBeal devido à prisões e ao uso de drogas. Quem contou a história foi a diretora de elenco dos estúdios Marvel, Sarah Finn.

"Downey Jr., naquele ponto de sua carreira, não era necessariamente family friendly. Existiam preocupações sobre isso, como o nome dele promoveria um filme de família?", explicou Sarah.

+++LEIA MAIS: Robert Downey Jr. queria outra fala final para o Homem de Ferro em Vingadores: Ultimato

"Jon estava apaixonado pela ideia dele interpretar o papel e todos nós tínhamos certeza do talento dele, mas não foi algo aprovado de cara, já que estávamos procurando outras pessoas e fizemos testes até deixar que o melhor vencesse", finalizou.

Felizmente, Jon Favreau conseguiu convencê-los a deixar Robert Downey Jr.responsável pelo papel do super-herói e o ator surpreendeu a equipe durante os testes. O cineasta dirigiu os dos primeiros filmes solos do Homem de Ferro