Pulse

Marvel vs DC: quais heróis já ganharam cópias descaradas da editora rival?

Thanos, Homem-Formiga, Batman, Doutor Estranho... Qual veio primeiro?

Yolanda Reis Publicado em 25/05/2019, às 10h00

None
Falcão Noturno e Batman (Foto: Reprodução)

O mundo dos quadrinhos de super-heróis começou na segunda metade da década de 1930, com a DC Comics (na época ainda conhecida pelo nome de National Allied Publications). A Marvel veio um pouco depois, no começo da década de 1940, quando os personagens da Liga da Justiça, da editora rival, já eram superpopulares.

O sucesso do grupo de Batman, Super-Homem, Mulher Maravilha e Flash continuou grande durante as décadas seguintes. Quarteto Fantástico e Homem-Aranha, ambos títulos da Marvel, tinham relevância, mas não competiam diretamente, e Os Vingadores, criados na década de 1960, ainda não tinham decolado.

Então, veio a ideia da Marvel de enfrentar a Liga da Justiça diretamente. Em 1969, nascia o Esquadrão Sinistro, um grupo de supervilões com características e histórias bem parecidas com a Liga da DC - como Hipérion, um alienígina que é o último sobrevivente de sua raça. Superpoderoso, ele poderia voar, é superforte, tem músculos de ferro, tem sobrevelocidade, e além de tudo, sua grande fraqueza é um minério, a aragonita. Notou a semelhança com algum alienígena vindo de Krypton? 

Desde então, diversos heróis e vilões já ganharam versões de si mesmos bem parecidas pela editora rival. Além de Hipérion, conheça 13 personagens que são quase cópias de outros:

Batman (DC, 1939) e Falcão Noturno (Marvel, 1969)

Tanto Bruce Wayne, o Batman, quanto Kyle Richmond, o Falcão Noturno, são herdeiros de uma quantia bilionária. Nenhum dos dois têm poderes, mas usam a grana para criar artefatos  mirabolantes e lutar contra o mal.

Mulher Maravilha (DC, 1941) e Princesa do Poder (Marvel, 1982)

Ambas as personagens são princesas guerreiras, que cresceram em uma utopia e isoladas do mundo real. Então, as heroínas precisam sair desse mundo perfeito para ensinar aos humanos como agir de maneira melhor e propagar a paz. Inicialmente, Princesa do Poder também usava artefatos invisíveis, como a Mulher Maravilha, mas isso mudou.

Flash (DC, 1940) e Tufão (Marvel, 1969)

Os poderes são os mesmos: supervelocidade. Ambos podem voar e fazer coisas incríveis, mas Tufão pode ficar invisível, ao contrário de seu rival.

Lanterna Verde (DC, 1940) e Doutor Espectro (Marvel, 1969)

Qualquer um que usar o Prisma do Poder pode ganhar os poderes de Doutor Espectro. Assim, ele pode manipular a luz e a matéria. Poder e motivação bem parecidos com o anel usado para ganhar os poderes de Lanterna Verde.

Aquaman (DC, 1941) e Anfíbio (Marvel, 1976)

Os dois têm o poder de respirar debaixo d’água e se comunicar com criaturas marinhas. O nome de Anfíbio também é uma piada: Kingsley Rice. King, de rei dos mares, e Rice, para brincar com Curry, sobrenome de Arthur, o Aquaman. Porém, o primeiro herói aquático foi Namor, uma das primeiras criações da Marvel, em 1939.

Exterminador (DC, 1980) e Deadpool (Marvel, 1991)

Dessa vez, até os uniformes são parecidos: ambos vermelhos e pretos. E a motivação, também. Tanto Deadpool quanto Exterminador são mercenários que podem se regenerar, e usam suas espadas para dilacerar os inimigos.

Mulher-Gato (DC, 1940) e Gata Negra - originalmente Mulher Gata (1979)

Têm uma aparência cheia de sex appeal e roupas de couro coladas. As duas são gatunas e ladras exímias, além de seduzirem os super-heróis que no início as perseguiam - Batman e Homem-Aranha (Marvel).

Darkseid (DC, 1970) e Thanos (Marvel, 1973)

Ambas as criaturas corpulentas andam pelo universo destruindo tudo e todos que dificultam a conquista de seus objetivos. O criador de Thanos já admitiu que Darkseid foi sua inspiração. 

Arqueiro Verde (DC, 1941) e Gavião Arqueiro (Marvel, 1964)

Ambos os arqueiros têm poderes bem semelhantes, mas suas histórias são diferentes. Arqueiro Verde veio primeiro, inspirado em Robin Hood e com background semelhante ao do Batman: uma pessoa sem poderes. Já Gavião Arqueiro surgiu como vilão, e mais tarde entrou para os Vingadores.

Átomo (DC, 1940) e Homem-Formiga (Marvel, 1962)

Átomo, mais tarde também conhecido por Eléktron, foi o primeiro cientista nos quadrinhos a conseguir alterar a matéria e diminuir de tamanho. Seu poder veio a partir dos destroços de uma estrela anã, concentrados em um cinto. Mais tarde, o também cientista Homem-Formiga descobriu a Partícula Pym, que permitiu que ele fizesse o mesmo, mas Átomo não se comunica com insetos.

Motoqueiro Fantasma (Marvel, 1972) e Caveira Atômica (DC, 1976)

A aparência é o que mais chama atenção: duas pessoas das quais só restaram o esqueleto pegando fogo. Motoqueiro Fantasma ficou assim após um pacto com Satã para salvar seu pai; Caveira Atômica era um cientista que, sem querer, entrou no caminho de um raio e teve que se voltar à radiação para parar de sentir dor.

Senhor Destino (DC, 1940) e Doutor Estranho (Marvel, 1963)

Os dois são grandes feiticeiros ocultistas que conseguem criar portais, fazer “feitiços” ao controlar a energia e causar ilusões.