Max Cavalera compara Bolsonaro a Trump: ‘Ele abraça coisas negativas com orgulho’

Em entrevista, Max Cavalera criticou o presidente Jair Bolsonaro. "Ele tem orgulho de matar pessoas e destruir os índios," disse

Itaici Brunetti Publicado em 23/05/2021, às 14h00 - Atualizado às 15h16

None
Max Cavalera (Foto: reprodução/ Instagram)

O vocalista e guitarrista Max Cavalera não poupou críticas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em recente entrevista. Segundo o brasileiro ex-Sepultura e atual Soulfly, Cavalera Conspiracy, Killer be Killed e Go Ahead and Die, o governante do Brasil é como Donald Trump e se orgulha de coisas negativas. 

"Eu assisto muito artistas brasileiros em podcasts e é realmente chocante ouvi-los dizer que no Brasil há famílias que estão sendo divididas por causa desse cara [Bolsonaro], porque metade da família gosta dele e a outra metade não gosta dele. As famílias se dividem e não se falam mais." disse Max Cavalerano programa americano Landry.audio.

+++LEIA MAIS: 30 anos de Arise, disco que cravou o nome do Sepultura no metal mundial [ENTREVISTA]

Morando há quase 30 anos em Phoenix, EUA, o músico continuou: "Sou o primeiro a dizer - isso eu sei com certeza - que quase todo mundo que chega ao poder no Brasil vai imediatamente para a corrupção. É quase como um vírus. É como uma doença; a doença do presidente. O Brasil não pode ter um bom presidente. Ele até tenta ser, mas não consegue."

Max Cavalera, então, se refere ao atual presidente, Jair Bolsonaro: "Mas parece que esse cara é pior ainda. Porque ele é meio como [Donald] Trump. Ele abraça as coisas negativas com orgulho. Ele tem orgulho de matar pessoas e orgulho de destruir os índios. É meio assustador, porque ele tem orgulho dessas coisas."

"É uma pena que ele esteja dividindo famílias e causando tantos danos, assim como Trump causou tantos danos aqui nos EUA.", completou. 

+++LEIA MAIS: Iggor Cavalera explica por que recusou convite para entrar no Guns N' Roses

Ainda no assuno sobre política, Max Cavalera afirmou que, em sua opinião, nenhum político presta. "Eu não conheço nenhum político. Nunca conheci nenhum político e não quero conhecer nenhum. Na minha opinião, todos são canalhas. Nenhum deles realmente quer ajudar. Porque não é apenas o cara, é o sistema por trás do cara que vai com ele."

Aos 51 anos, o vocalista relembrou que a letra da música "Primitive", do Soulfly, aborda o assunto. "Eu cantei isso: 'De volta ao primitivo. F*da-se todos os políticos'. Eu estava me referindo a toda a política. É uma carreira em que você quase nunca cuida das pessoas. A corrupção começa a te corromper e você pode ficar rico com isso, então, você faz só para si mesmo. Enquanto isso, os pobres estão morrendo e os problemas nunca são resolvidos." 

+++LEIA MAIS: Tinha mais medo da polícia que do Diabo, diz Max Cavalera

Ao finalizar, Max Cavalera pressupõe que o Brasil será um bom país somente daqui a trezentos anos. "Espero renascer, e depois renascer de novo daqui a trezentos anos no Brasil. Então, estarei em um bom lugar".

Assista a entrevista de Max Cavalera ao canal Landry.audio. As falas do músico sobre política podem ser vistas a partir dos 50 minutos do vídeo. 

As informações são do Blabbermouth


 +++ MV BILL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL