McCartney não quer Beatles ligados ao McDonalds

Nova campanha da rede de fast-food em Liverpool usou fotos do Fab 4; baixista é vegetariano há mais de 30 anos

Da redação Publicado em 09/10/2008, às 16h33

Paul McCartney não gostou da nova campanha do McDonalds em Liverpool, que usou fotos de sua antiga banda, os Beatles, para vender mais sanduíches. Vegetariano desde 1975, o cantor pediu através de seu assessor "boicote não só às lojas de Liverpool, mas de todo o mundo".

O comunicado divulgado pela imprensa ainda tratou de atacar a rede de fast-food: "Que tipo de idiotas o McDonalds acha que nossos fãs são? É ridículo usar nossa imagem para vender mais hambúrgueres".

Em retratação, um comunicado do McDonalds foi publicado no tablóide britânico The Sun, afirmando que o uso das imagens serve para nada mais além de "fazer com que as pessoas saibam da enorme contribuição dos Beatles para a cultura local e mundial".

Ativistas do PETA, grupo que defende o direito dos animais, também se manifestaram, afirmando que esperam "que as pessoas que virem as fotos dos Beatles nas paredes lembrem-se que McCartney é vegetariano, e que troquem seus Big Macs por lanches sem carne".