Me Sinto Bem Com Você é um retrato sensível de relacionamentos na pandemia sustentado pelo ótimo desempenho do elenco [REVIEW]

Exclusivo do catálogo Amazon Prime Video, novo filme brasileiro é estrelado por Manu Gavassi e Matheus Souza - ator também dirige o longa-metragem

Isabela Guiduci Publicado em 20/05/2021, às 10h00

None
Pôster Me Sinto Bem Com Você (Foto: Reprodução/Divulgação)

Sabe aquele tapa na cara após se identificar com alguma situação específica de um filme? Me Sinto Bem Com Você pode ter esse efeito, especialmente se você se envolveu romanticamente ou emocionalmente com alguém durante a pandemia de Covid-19 - seja para começar, terminar, reviver ou esperar por uma relação. O longa-metragem tem diversas narrativas que transbordam sentimentos e significados, e isso acontece devido aos ótimos desempenhos dos atores.  

Dirigido por Matheus Souza, o novo filme exclusivo do catálogo do Amazon Prime Video conta com um elenco excelente: o próprio Souza, Manu Gavassi, Victor Lamoglia, Thati Lopes, Richard Abelha, Amanda Benevides, Thuany Parente, Clarissa Müller, Gabz e Isabella Moreira. Os dez atores são importantíssimos para dar o tom sensível e dramático à narrativa.

+++LEIA MAIS: Tudo o que sabemos sobre Me Sinto Bem Com Você, filme estrelado por Manu Gavassi [LISTA] 

A história segue cinco relacionamentos durante a pandemia. Em meio ao caos, dois personagens tentam começar uma história de amor; outro casal quer reviver a paixão esfriada; outro reflete sobre o passado, saudade e erros; um último, espera pelo futuro pós-pandêmico. Somados aos amores românticos, duas irmãs se refugiam uma na outra para curar as dores deste período.

Isolamento social não é fácil - são pensamentos complexos, princípios conturbados dificuldade com criatividade e atenção. É preciso se ouvir e se enfrentar diariamente, e junto da inundação pessoal, correr o risco de relembrar as dores de relacionamentos - tudo isso, na falta de uma companhia. É por isso que Me Sinto Bem Com Você é um filme tão cirúrgico. 

+++LEIA MAIS: Tudo o que sabemos sobre Panic, nova série de mistério teen do Amazon Prime Video [LISTA]

O longa-metragem nacional traduz sentimentos vividos por milhares (talvez milhões) de brasileiros na quarentena. E, de fato, identificação é o principal acerto da produção. Não há nada mais delicioso do que se enxergar no outro, na linguagem, espaço-tempo e histórias. O filme faz isso muitíssimo bem - sem superficialidade e com camadas intensas de reflexão.

Drama espetacular, significativo e interessante, o roteiro da produção perpassa sobre os diversos momentos os quais relacionamentos podem encarar - principalmente em meio ao isolamento social devido à pandemia. Incertezas, tristezas, angústias, carências: quem não se sentiu assim? Quem não refletiu sobre as próprias relações nesse momento? 

+++LEIA MAIS: O que sabemos sobre Maldivas, nova série da Manu Gavassi na Netflix?

A narrativa consegue encontrar uma dinamicidade incrível ao passear pelas diferentes vivências dos personagens. Além disso, aborda de forma inteligente pautas importantíssimas, como bissexualidade, autoaceitação, etc. Apesar de ser ficção, o roteiro é visivelmente articulado para a identificação com o público - e, isso torna Me Sinto Bem Com Você mágico. 

No audiovisual, os detalhes potencializam essa capacidade de se relacionar com a narrativa. As trocas de mensagens, cenários caseiros, posicionamentos das imagens como se fossem as infinitas reuniões do Zoom e as ligações eternas refletem a realidade diária da quarentena de milhões de pessoas ao redor do mundo. 

+++LEIA MAIS: 4 motivos para assistir Ninguém Tá Olhando - série brasileira amada internacionalmente [LISTA]

As imagens são cuidadosamente construídas e coladas umas nas outras de modo com que o público sinta a sinceridade das histórias, extremamente próximas do cotidiano pandêmico. Na maior parte do tempo, os personagens estão sozinhos nas respectivas casas - com exceção de Dora (Thati Lopes) e Fernando (Victor Lamoglia), isolados juntos. Por isso, o recurso de colagem é muito bem-utilizado. 

A produção discorre sobre romance e drama em um cenário pandêmico, portanto, alguns clichês são automaticamente parte da história, embora não seja nada exagerado. Exatamente por este motivo, o uso do recurso não diminui a potência do filme em conversar com a realidade e, consequentemente, com o espectador. 

+++LEIA MAIS: Tudo o que sabemos sobre Carnaval, novo filme brasileiro da Netflix: elenco, sinopse e mais

Como os personagens estão isolados, o diálogo - seja com o outro, ou consigo mesmo - é o principal motor da história. Me Sinto Bem Com você aposta diretamente na comunicação dos personagens. Na verdade, o filme não apenas reflete, como explora com intensidade todas as conversas, trocas de energia e relações humanas, ainda mais em momentos tão assustadores como a pandemia.  

Ao brincar com a comicidade, a narrativa consegue não sobrecarregar o drama excessivo e  desespero da solidão - proposta certeira da produção. Cenas divertidas, mas não exageradas no tom cômico, quebram o ritmo repleto de angústias e conseguem dar mais dinâmica às histórias. 

+++LEIA MAIS: The Map of Tiny Perfect Things é um romance envolvente e agradável, com destaque para desempenho de Kathryn Newton e Kyle Allen [REVIEW]

O filme de Matheus Souza é um retrato sensível da realidade pandêmica - e a simplicidade dos elementos audiovisuais é incrivelmente transformada em identificação. Ao combinar essa naturalidade aos diálogos potentes e carregados de sentimentos, o longa-metragem desenvolve uma ponte genuína entre ficção e público. 

Todos os atores têm desempenhos impressionantes que conseguem impulsionar as identidades sinceras e realistas - e, é a partir deles que o cotidiano se torna tão expressivo. Com destaque aos dez responsáveis por vivenciar os cinco relacionamentos principais, o filme é uma produção audiovisual bastante convidativa e sentimental. 

+++LEIA MAIS: 4 motivos para maratonar Normal People, minissérie indicada ao Globo de Ouro 2021 [LISTA]

Me Sinto Bem Com Você é um belíssimo filme nacional, com mais acertos que erros, sobretudo pelo gênero dramático no qual se encaixa. O longa-metragem supera as expectativas e consegue dialogar com a realidade, gerar identificação, além de causar reflexões relevantes no público. 

Por fim, vale o aviso: caso você tenha vivido um relacionamento na pandemia, Me Sinto Bem Com Vocêpode ganhar um significado ainda mais particular. O filme chegou ao catálogo do Amazon Prime Video nesta quinta, 20 de maio.

+++ LEIA MAIS: 7 filmes pouco conhecidos com temática LGBTQ+ para assistir no Amazon Prime Video


+++ SUPLA: 'NA ARTE A GENTE TEM QUE SER ESPONTÂNEO' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL