Mel Gibson acusa Winona Ryder de mentir sobre comentários antissemitas e homofóbicos, e atriz responde: 'É uma lembrança vívida para mim'

A discussão entre o astro de Mad Max e a estrela de Stranger Things ganha mais um capítulo

Redação Publicado em 26/06/2020, às 16h38

None
Foto 1: Alberto E. Rodriguez/Getty Images | Foto 2: Matt Sayles/AP

Winona Ryder e Mel Gibson são protagonistas de um dos desentendimento mais críticos de Hollywood nesse momento. Recentemente, a atriz de Stranger Things relembrou de comentários homofóbicos feitos pelo ator há alguns anos, e agora ele respondeu.

Em um comunicado divulgado pelos representates de Gibson ao The New York Post, o astro afirmou: "Isso é 100% mentira. Ela mentiu há mais de uma década, quando falou com a imprensa, e está mentindo agora."

+++LEIA MAIS: Winona Ryder relembra comentários homofóbicos e antissemitas feitos por Mel Gibson em uma festa

"Ela mentiu sobre ele ter tentado se desculpar naquela época. Ele entrou em contato com ela, há alguns anos, para questioná-la sobre as mentiras, mas ela se recusou em falar com ele", continuou a declaração.

E sem perder tempo, Winona já respondeu essas acusações de que estaria mentindo sobre o caso. A defesa dela foi publicada pelo The Post: "Acredito em redenção e perdão, e espero que o Sr. Gibson tenha achado uma forma saudável de lidar com os próprios demônios, mas eu não sou um deles".

+++LEIA MAIS: Keanu Reeves se recusou a xingar Winona Ryder apesar das ordens de Coppola; conheça a história

"Por volta de 1996, eu e meu amigo Kevyn Aucoin fomos alvos das palavras de ódio dele. É uma lembrança dolorosa e vívida para mim. Só conseguimos de fato respeitarmos uns aos outros quando aceitamos a responsabilidade do nosso comportamento, e desejo o melhor para ele nessa jornada vitalícia."

A briga foi desenterrada por Winona durante uma entrevista recente ao The Sunday Times.


+++ A PLAYLIST DO SCALENE