Menino de 9 anos é adotado com carta inspirada em Harry Potter

Patrique e Maycon comoveram a Internet ao anunciar a adoção de Alexandre da mesma forma que Harry descobre seu destino em Hogwarts

Redação Publicado em 16/02/2021, às 20h05

None
Daniel Radcliffe em Harry Potter (Foto: Reprodução)

Alexandre, de nove anos, foi adotado de maneira inusitada. Recebeu uma carta baseada na série de livros e filmes Harry Potter, e sua surpresa foi semelhante à do protagonista. Neste caso, Hogwarts foi substituída pela casa de Patrique Carvalho e Maycon Oliveira, os novos pais do menino.

Alexandre, Patrique e Maycon no momento em que o menino recebe a carta (Foto: Patrique Carvalho/Arquivo Pessoal)

 

O casal resolveu usar a paixão em comum pela franquia para anunciar ao filho o sucesso do processo de adoção. Veja o conteúdo da carta endereçada a Alexandre, segundo o portal Bhaz:

+++LEIA MAIS: J. K. Rowling nega rumores sobre série de Harry Potter no HBO Max

“Temos o prazer de informar que você tem uma vaga garantida em uma casa cheia de muito amor e carinho, livros, brinquedos, videogames, aventuras gastronômicas, e com dois pais super ansiosos que te amam muito! Tudo que você precisa é arrumar sua mala com seus itens necessários. A sua jornada cheia de magia começa no dia 9 de fevereiro de 2021!”

De longa data

A relação entre Alexandre e Patrique é antiga: o cabeleireiro cuidou do garoto por vários anos desde o nascimento, mas acabou proibido de vê-lo pela família biológica da criança. Depois de algum tempo, os responsáveis foi destituídos do poder familiar pela Justiça e Patrique pôde voltar a vê-lo, até ser chamado para adotá-lo oficialmente.

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

Com poucos dias na casa nova, Alexandre assistiu ao primeiro filme da saga Harry Potter, e fez o teste para saber a qual “casa” de Hogwarts pertence: Lufa-Lufa, de acordo com o pai, quem é fã da saga e coleciona referências à série tatuadas no braço.

+++ HUNGRIA HIP HOP: 'SOU APEGADO EM SORRISOS QUE A MÚSICA PODE LEVAR' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL