Mesmo com 2º maior público do mundo, China não deve exibir Coringa de Joaquin Phoenix nos cinemas

Segundo o Deadline, o longa estrelado por Joaquin Phoenix desagradou o governo chinês

Redação Publicado em 27/10/2019, às 15h00

None
Joaquin Phoenix como Coringa (Foto: Reprodução Warner)

O filme Coringa, estrelado por Joaquin Phoenix, não deve ser lançado na China, segundo o site norte-americano Deadline.

O governo chinês não aprovou o “conteúdo e tom” do longa do Palhaço do Crime. Como o país enfrenta uma onda de protestos em Hong Kong, o governo achou inadequada a exibição do longa no momento atual.

+++ LEIA MAIS: Joaquin Phoenix, Heath Ledger e Jared Leto: quem demorou mais para se transformar no Coringa?

Com 2º maior público do mundo, o não lançamento do filme na China pode acabar com as expectativas da DC de alcançar US$ 1 bilhão na bilheteria mundial. Apesar disso, Coringa bateu um recorde nesta sexta, 25.

O longa do Palhaço alcançou o primeiro lugar na categoria de longas com classificação R - maior de 18 anos no Brasil - e ultrapassou Deadpool 2. O longa da DC garantiu nas bilheterias US$ 788.3 milhões, enquanto o da Marvel marcou US$ 785.05 milhões.

Além de Coringa, outro filme não será exibido na China. De acordo com o The Hollywood Reporter, as autoridades chinesas suspenderam, indefinidamente, a estreia oficial de Era uma Vez em... Hollywood, de Quentin Tarantino, nas dependências do país.

+++ Leia mais: Quentin Tarantino enfim responde sobre polêmica com Bruce Lee em Era uma Vez Em... Hollywood

O longa estrelado por Brad Pitt e Leonardo DiCaprio tinha previsão de lançamento na China para esta sexta, 25. A exibição teria elevado o nível de bilheteria mundial do filme em mais de US$ 400 milhões.

No entanto, os reguladores de Pequim mudaram de ideia e o censuraram. Nenhuma declaração oficial foi feita, mas, ainda segundo o THR, a indústria cinematográfica chinesa desaprovou a maneira como o falecido Bruce Lee, de ascendência chinesa, é retratado na obra de Tarantino.