Metallica ajuda a polícia a procurar assassino

O suspeito matou uma mulher de 20 anos depois de um show da banda

Rolling Stone EUA Publicado em 14/06/2012, às 10h20 - Atualizado às 11h15

Kirk Hammett e James Hetfield no apoteótico show do Metallica no Rock in Rio, o último do terceiro dia do festival
AP

O frontman do Metallica James Hetfield gravou um vídeo de serviço público para ajudar as autoridades a encontrar um homem suspeito de assassinar a estudante Morgan Harrington, da Virginia Tech. O crime aconteceu após um show da banda em 2009 em Charlottesville, Virginia. Hetfield mostra um retrato falado do suspeito e implora para que os fãs se manifestem. "Lembre-se, qualquer informação, não importa o quão pequena ache que ela é, pode ser uma parte crucial necessária aos investigadores para resolver o caso”, ele diz.

Agentes do FBI usaram o DNA encontrado no corpo de Harrington para associar seu assassino a um estupro ocorrido em 2005, em Fairfax City, Virginia. A polícia teme que o suspeito possa atacar outras mulheres, se é que já não o fez. A organização The Jefferson Area Crime Stoppers está oferecendo US$ 100 mil por qualquer informação que leve a uma prisão e o Metallica acrescentou mais US$ 50 mil de recompensa.