Metallica considerava gravar com Lou Reed mais uma vez: ‘Estávamos conectados’

Lulu, o disco da banda em parceria com o músico, recebeu diversas críticas

Redação Publicado em 26/08/2020, às 15h40

None
Montagem de Lou Reed (Foto: John Smierciak/AP) e, da esquerda para a direita, James Hetfield, Lars Ulrich e Kirk Hammett (Foto:Tony Dejak/AP Images)

Lars Ulrich, baterista do Metallica, revelou que a banda pensava em uma continuação para o disco colaborativo com Lou Reed, Lulu, lançado em 2011. Em uma entrevista à NME, o músico explicou que o grupo considerava gravar mais músicas com Reed: "Tocaria com Lou a qualquer hora, em qualquer lugar e ele sabia disso."

+++ LEIA MAIS: Site reúne os 10 piores discos de ‘bandas brilhantes’: tem Metallica, Iron Maiden e Slayer

"Ele tinha essa ideia há muito tempo e quando tocamos juntos no Rock And Roll Hall of Fame [em 2009], na mente dele, ele encontrou a banda perfeita para mostrar a visão dele e nós definitivamente conversamos sobre fazer mais coisas juntos. Nós estávamos tão conectados e mantivemos contato até o final muito precoce dele. Eu faria qualquer coisa por aquele homem", contou. 

Ele continuou: "Lou era muito apaixonado e acreditava muito no que fazia. Muitos caras daquela geração foram completamente fodid*s em todos os níveis possíveis pela indústria da música quando eram mais jovens."

+++LEIA MAIS: Metallica sobre disco polêmico com Lou Reed: 'Não mudaríamos nada'

A declaração do baterista veio logo após a banda admitir no início de agosto que não mudaria nada no polêmico disco Lulu. O álbum em colaboração com o Metallica foi o último feito por Lou Reed. O lendário vocalista e guitarrista morreu em 2013, meses após um transplante de fígado. 


+++ DELACRUZ SOBRE FILHOS, VIDA E MÚSICA: 'ME ENCONTREI NO AMOR, NA FAMÍLIA, NO LADO BOM'